Elenco do Campeonato Pan Americano de 1956 no México

.:: Campeonato Pan-Americano de 1956 ::.
Cartaz do Campeonato Pan-Americano de 1956

A segunda edição do Campeonato Pan-Americano de Futebol foi disputada na Cidade do México, entre 26 de fevereiro e 18 de março. O Brasil, representado apenas por jogadores de clubes gaúchos venceu se tornando bi campeão. (Fonte: wikipedia.org)

Depois de uma série de marchas e contra-marchas, nas quais não faltou a ridícula apresentação de alguns elementos sem nenhum valor dos estados no Norte e de Minas Gerais para a formação do selecionado brasileiro que deveria ir ao México defender o título de campeão do certame panamericano conquistado pelo Brasil no Chile, resolveu a CBD, por volta do início de janeiro, entregar a FRGF a responsabilidade da representação brasileira no aludido certame, a qual seria formada exclusivamente por elementos que militassem nos clubes gaúchos.

Para a incumbência foi escolhido o técnico do S.C. Internacional, de Porto Alegre, José Francisco Duarte Júnior (Teté), o qual deu início a sua tarefa a 5 de janeiro convocando nada menos do que 45 jogadores das diversas agremiações da Divisão de Honra do futebol portoalegrense e pelotense. Feitos os ensaios durante os meses de janeiro e fevereiro, e selecionados os que deveriam vestir a camiseta da CBD, embarcaram para o México a 17 de fevereiro os seguintes jogadores: Sérgio, Sarará, Florindo, Aírton, Ênio Andrade, Mílton, Luizinho, Juarez, Hercílio, Duarte, Raul, Valdir, Bodinho, Jerônimo, Figueiró, Chinezinho, Odorico, Oréco, Larry, Paulinho, Ênio Rodrigues e Ortunho. Foi então iniciada a gloriosa jornada que nos levaria a conquista do laurél de Bi-campeões do Continente, graças a fibra e “garra” dos gaúchos, sempre prontos para tudo quando se trata de defender o bom nome esportivo do Brasil….”

E de fato, nada menos do que 46 atletas foram chamados para uma espécie de vestibular da bola, não custa recordar um a um quem foram os pré-selecioandos, do Renner, Waldir, Bonzo, Paulistinha, Breno, Léo, Odi, Pedrinho, Juarez, Ênio Andrade e Joeci; do Grêmio, Sérgio, Figueiró, Aírton, Calvet, Ênio Rodrigues, Giovani, Juarez, Mílton e Hercílio; do Internacional, Florindo, Oreco, Odorico, Luisinho, Bodinho, Larry, Jerônimo e Chinesinho; do Floriano: Paulinho, Bino, Hélio, Heitor, Chagas e Raul; do Cruzeiro, Amauri, Bruno e Tesourinha II; do Nacional, Ortunho e Mílton; do Força e Luz: Zacarias e Dorval; do Aimoré, Amaro e Kim, do Pelotas, Joãozinho e Brauner; do Brasil, Duarte e do Juventude, Lori. Uma série de “ensaios”, utilizando equipes separadas por cores foram então realizados, logo vieram os primeiros cortes, Paulistinha do Renner foi liberado, pois estava em execícios militares em São Borja, Juarez tambem do Renner, sofreu uma distenção e teve que abandonar o grupo, Heitor do Floriano, agradeceu o convite, mas preferiu mesmo abandonar a carreira, Calvet do Grêmio, estava com problemas de saúde e foi outro a deixar o grupo, Mílton do Nacional tambem deixou a seleção, e assim foram sendo feitas as dispensas, até chegar ao número de 22 atletas, não sem antes haver um tempinho para chamar o atleta Sarará do Grêmio, que havia ficado de fora na primeira chamada. Durante a preparação, além dos tradicionais coletivos de um time de cada cor se enfrentando, foram realizados alguns jogos contra equipes visando o acerto da equipe, no dia 26 de janeiro, a Seleção derrotou o Aimoré por 4-0, no dia 6 de fevereiro, nova vitória, 4-2 no Sud-América do Uruguai e no dia 10 de fevereiro, empate de 2-2 com o Coritiba.
A competição foi disputada por 6 Seleções (Brasil, Argentina, Chile, Peru. México e Costa Rica), como fórmula, todas as equipes de enfrentavam em turno único, ao todo, o Brasil disputou 5 partidas, 4 vitórias e 1 empate, 9 pontos conquistados e 14 gols marcados, com esta campanha, o Brasil garantiu o primeiro lugar e consequentemente a medalha de ouro, ficando a Argentina com a Prata e a Costa Rica com o bronze.

Gaúchos do Rio de Janeiro, Santa Catarina e Pernambuco:

Embora a seleção formada fosse somente de atletas que atuavam aqui no Rio Grande do Sul, alguns dos atletas não haviam nascido aqui, é o caso de Florindo que nasceu em Nova Friburgo no Rio de Janeiro, atuou no Esperança de Nova Friburgo, Fluminense e Flamengo, antes de chegar aqui no estado para defender o Nacional em 1950 e posteriormente o Internacional em 1951. Juarez, o “Tanque”, era de Blumenau, Santa Catarina, antes de chegar ao Grêmio em 1955, atuou no Palmeiras e Olímpico ambos de Blumenau, passou por São Paulo, onde em Santos, defendeu o Jabaquara, no Paraná defendeu o Coritiba e novamente em Santa Catarina, defendeu o Duque de Caxias de Joinvile, até ser contrato pelo Grêmio. Bodinho, nasceu em Recife, iniciou a carreira no simpático Íbis, no Maranhão defendeu o Sampaio Correa, no Rio de Janeiro atuou no Flamengo, até chegar a Porto Alegre, quando foi contratado pelo Nacional em 1952, no mesmo passou a defender o Internacional. Jerônimo nasceu no Rio de Janeiro, na época Distrito Federal, iniciou a carreira em 1946 no Manufatura F. C., logo foi levado para o Fluminense e em 1951 foi trazido para jogar no Interncional. Larry, assim como Florindo, nasceu em Nova Friburgo e lá iniciou sua carreira em 1945, foi para o Fluminense e de lá, saiu em 1954 para atuar no Internacional. (Fonte: sumulas-tche)


.:: Brasil, bi-Campeão ::.
Delegação do Brasil no campeonato Pan-Americano de 1956;
Credit: www.fifa.com/worldcup
Seleção Brasileira – Brazil National Football Team
Atleta Alcunha Clube Jgs Gol
Go Paulo Correa de Oliveira Paulinho Floriano 0 0
Go Sérgio Moacyr Torres Nunes Sérgio Grêmio FBPA 3 2
Go Waldir Joaquim de Moraes Waldir GE Renner 2 3
Df Aírton Ferreira da Silva Aírton Pavilhão Grêmio FBPA 0 0
Df Flávio Pinho Florindo SC internacional 4 0
Df Jorge Carlos Carneiro Ortunho Nacional 0 0
Df José Antônio Duarte Silva Duarte Pelotas 5 0
Df Luíz Gonzaga Figueiró Figueiró Grêmio FBPA 4 0
Df Waldemar Rodrigues Martíns Oreco SC internacional 5 0
Mc Mílton Martins Kuelle Mílton Kuelle Grêmio FBPA 0 0
Mc Ênio Antônio Rodrigues da Silva Ênio Rodrigues Grêmio FBPA 4 0
Mc Ênio Vargas de Andrade Ênio Andrade GE Renner 5 1
Mc Hercílio Leopoldino Duarte Hercílio Grêmio FBPA 0 0
Mc Odorico Araújo Goulart Odorico SC Internacional 5 0
Mc Olavo de Souza Flores Sarará Grêmio FBPA 0 0
At Jerônimo Teixeira dos Santos Jerônimo SC Internacional 0 0
At Juarez Teixeira Juarez Grêmio FBPA 2 0
At Larry Pinto de Faria Larry SC Internacional 5 4
At Luíz José Marques Luizinho SC Internacional 5 1
At Nílton Coelho da Costa Bodinho SC Internacional 5 2
At Sidney Cunha Chinesinho SC Internacional 3 4
At Raul Otávio Klein Raul Klein Floriano 3 1
DT: José Francisco Duarte Júnior Teté Conf. Brasileira Desportos
# Links Externos: www.sumulas-tche.blogspot.com.br
# Comissão Técnica e Diretores:
# Chefe da Delegação: Aneron Correia de Oliveira
# Sub-Chefe: Saturnino Vanzelotti
# Superintendente: Miguél Lardiez
# Médico: Dr. Derly Monteiro
# Massagistas: Luíz Biscardi e José Moura.

.:: Campanha Brasileira ::.
Primeira Rodada
1 de Março de 1956 – Estádio Olímpico Universitário, Cidade do México
Brasil 2 x 1 Chile
Luizinho, 13′
Raul Klein, 67′
Jogo 1 Jorge Robledo, 71′
Segunda Rodada
6 de Março de 1956 – Estádio Olímpico Universitário, Cidade do México
Brasil 1 x 0 Peru
Larry, 41′ Jogo 2
Terceira Rodada
8 de Março de 1956 – Estádio Olímpico Universitário, Cidade do México
México 1 x 2 Brasil
Del Aquila, 56′ Jogo 3 Bodinho, 17′
Sergio Bravo, 73′ (contra)
Quarta Rodada
13 de Março de 1956 – Estádio Olímpico Universitário, Cidade do México
Costa Rica 1 x 7 Brasil
Mario Cordero, 53′ Jogo 4 Larry, 7′
Chinesinho, 12′
Larry, 37′
Larry, 51′
Chinesinho, 63′
Larry, 74′
Chinesinho, 82′
Quinta Rodada
18 de Março de 1956 – Estádio Olímpico Universitário, Cidade do México
Brasil 2 x 2 Argentina
Chinesinho, 24′
Ênio Andrade, 58′
Jogo 5 José Yúdica, 36′
Omar Sívori, 85′
# Para acessar as escalações das equipes, por favor, clique na palavra JOGO.
Tabela de Classificação
Times (Técnico) Pts Jgs Vit Emp Der GP GC S
. Brasil (Teté) 9 5 4 1 0 14 5 9
. Argentina (Guillermo Stábile) 7 5 2 3 0 9 5 4
. Costa Rica (Alfredo Piedra Mora) 5 5 2 1 2 11 15 -4
. Peru (Arturo Fernández) 4 5 1 2 2 6 7 -1
. México (Antonio López Herranz) 4 5 1 2 2 4 6 -2
. Chile (Luis Tirado) 1 5 0 1 4 5 11 -6
# Brasil campeão do Campeonato Pan-Americano;
# Links Externos: www.sumulastche.wordpress.com

.:: Uniforme do Brasil ::.
Uniforme da seleção brasileira no Campeonato Pan-Americano de 1956;
Credit: interkits.blogspot.com.br

.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.

Anúncios

Deixe um Comentário, uma opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: