Elenco da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1958

Världsmästerskapet i Fotboll Sverige 1958 – 1958 FIFA World Cup

.:: 6ª Copa do Mundo, Suécia 1958 ::.

A Copa do Mundo FIFA de 1958 foi a sexta edição da Copa do Mundo FIFA de Futebol, que ocorreu de 8 de junho até 29 de junho de 1958. O evento foi sediado na Suécia, tendo partidas realizadas nas cidades de Borås, Eskilstuna, Gotemburgo, Halmstad, Helsingborg, Malmö, Norrköping, Örebro, Sandviken, Solna, Uddevalla e Västerås. Dezesseis seleções nacionais foram qualificadas para participar desta edição do campeonato, sendo 12 delas europeias (Suécia, Alemanha Ocidental, Áustria, França, Tchecoslováquia, Hungria, União Soviética, Iugoslávia, Inglaterra, Irlanda do Norte, Escócia, País de Gales) e 4 americanas (Argentina, Brasil, México e Paraguai). (Fonte: wikipedia.org)

A Seleção Brasileira:

Após “calar” o Maracanã em 1950 e decepcionar na Copa seguinte, o Brasil chegou à Suécia com um elenco promissor, que mesclava craques experientes e jovens talentos. Nesse último grupo estava Pelé, o maior jogador de futebol de todos os tempos, então com 17 anos, e Garrincha, o “gênio das pernas tortas”.

No gol, o time tinha a segurança de Gilmar dos Santos Neves. A defesa contava com os craques Djalma Santos e Nílton Santos, enquanto no meio-campo a categoria ficava com Didi. Mesmo assim, a seleção brasileira teve dificuldades para chegar até a semifinal.

A equipe estreou contra a Áustria, conhecida pela solidez de sua defesa. Depois de um início equilibrado, o Brasil venceu bem por 3 a 0, gols de Mazzola (2) e Nilton Santos. Na rodada seguinte, o duelo foi contra a Inglaterra e, apesar de jogar melhor do que na primeira partida, a equipe brasileira não passou de um 0 a 0 – o primeiro na história das Copas.

Para o terceiro jogo, contra a União Soviética, o técnico Vicente Feola fez duas alterações. Recuperado de contusão, Pelé entrou no lugar de Mazzola. A outra substituição – entrada de Garrincha na vaga de Joel – só foi decidida na véspera do jogo, em um treino secreto.

Como o doutor Paulo Machado de Carvalho, chefe da delegação, foi consultar a opinião dos atletas mais experientes como Bellini, Nílton Santos e Didi, surgiu a lenda de que eles teriam liderado uma “rebelião” para obrigar Feola a escalar os dois jovens craques.

As mudanças deram certo. O Brasil deu um baile nos soviéticos e venceu “só” por 2 a 0, com dois gols de Vavá. Garrincha jogou tanto que esgotou os adjetivos da imprensa internacional – “assombro”, “mercurial”, entre outros. Classificado para as quartas de final, o time tinha encontrado sua formação ideal.

A retranca de País de Gales quase conseguiu segurar o ataque brasileiro, mas uma jogada genial de Pelé dentro da área garantiu a vitória por 1 a 0 e a vaga na semifinal. A partir daí, o que se viu foi um verdadeiro show de gols e jogadas de efeito que encantaram o mundo.

A França tinha uma das melhores equipes e o artilheiro da Copa, Just Fontaine. Mesmo assim, só conseguiu oferecer resistência nos primeiros minutos. Vavá fez 1 a 0, mas Fontaine empatou em seguida. Antes do intervalo, Didi recolocou o Brasil em vantagem. Na segunda etapa, Pelé desencantou, fez três gols e definiu a vitória (5 a 2).

Na final contra a Suécia, dona da casa, com Vavá e Pelé inspirados, os brasileiros aplicaram uma goleada de 5 a 2. Até os torcedores suecos se renderam ao talento da seleção e aplaudiram de pé os campeões mundiais. Na cerimônia de encerramento, o capitão Bellini, a pedido da legião de fotógrafos que tentava registrar o momento, levantou o troféu para o alto, gesto que passou a ser repetido por todos os campeões. (Fonte: uol.com.br)


.:: Brasil, Campeão pela 1ª vez ::.

Elenco e Comissão Técnnica da Seleção Brasileira campeão mundial pela 1ª vez;
Em pé: Vicente Feola (técnico), Hilton Gosling (Médico), De Sordi, Djalma Santos, Nilton Santos, Castilho, Bellini, Pepe, Orlando, Zózimo, Zito, Mauro Ramos, Gilmar, Mário Américo (Massagista) e ??; Agachados: Paulo Amaral (Prep. Físico), Dino Sani, Dida, Garrincha, Didi, Pelé, Vavá, Zagallo, Joel, Mazola, Oreco e Moacir;
Crérdito: fcuniversitateacraiova-gabriel.blogspot.com.br
Elenco da Seleção Brasileira na Copa do Mundo
Nome Completo Alcunha Clube J G P
01 GO Carlos José Castilho Castilho FC Fluminense/RJ 0 0 3
02 ZC Hilderaldo Luiz Bellini © Bellini CR Vasco da Gama/RJ 6 0 1
03 GO Gylmar dos Santos Neves Gilmar SC Corinthians/SP 6 4 1
04 LD Djalma Pereira Dias dos Santos Djalma Santos Portugues-Desp/SP 1 0 2
05 MV Dino Sani Dino Sani FC São Paulo/SP 2 0 1
06 MC Waldyr Pereira Didi FR Botafogo/RJ 6 1 2
07 PE Mário Jorge Lobo Zagallo Zagallo CR Flamengo/RJ 6 1 1
08 LE Valdemar Rodrigues Martins Oreco SC Corinthians/SP 0 0 1
09 ZA Zózimo Alves Calazans Zózimo AC Bangu/RJ 0 0 1
10 MA Édson Arantes do Nascimento Pelé FC Santos/SP 4 6 1
11 PD Manuel Francisco dos Santos Garrincha FR Botafogo/RJ 4 0 1
12 LE Nílton Reis dos Santos Nílton Santos FR Botafogo/RJ 6 1 3
13 MC Moacir Claudino Pinto Moacir CR Flamengo/RJ 0 0 1
14 LD Nílton de Sordi De Sordi FC São Paulo/SP 5 0 1
15 QZ Orlando Peçanha de Carvalho Orlando CR Vasco da Gama/RJ 6 0 1
16 ZC Mauro Ramos de Oliveira Mauro Ramos FC São Paulo/SP 0 0 2
17 PD Joel Antônio Martins Joel Martins CR Flamenho/RJ 3 0 1
18 CA José João Altafini Mazola SE Palmeiras/SP 2 2 1
19 MV José Ely de Miranda Zito FC Santos/SP 4 0 1
20 CA Edvaldo Izídio Neto Vavá CR Vasco da Gama/RJ 4 5 1
21 MC Edvaldo Alves de Santa Rosa Dida CR Flamengo/RJ 1 0 1
22 PE José Macia Pepe FC Santos/SP 0 0 1
Técnico: Vicente Ítalo Feola Vicente Feola Conf. Brasileira Desportos
# Capitão da Seleção Brasileira na Competição: Hideraldo Bellini.
# Remanescetes de 1954: Castilho, Djalma Santos, Mauro Ramos, Nilton Santos e Didi.
# Link Externo (External Link): www.wikipedia.org/FIFA-World-Cup

.:: Comissão Técnica ::.
Delegação da Seleção Brasileira na Copa do Mundo
Chefe Secretário Tesoureiro
Paulo Machado Carvalho Abílio de Almeida Adolpho Marques Júnior
Delegado Superintendente Supervisor
Luiz Murgel Sem Registro Carlos Nascimento
Médico Dentista Observador
Hilton Gosling Mário Trigo Loureiro José de Almeida
Auxiliar Técnico Preparador Físico
Francisco de Assis Vicente Feola Paulo Amaral
Massagista Roupeiro Cozinheiro
Mário Américo Francisco de Assis Sem Registro

.:: Campanha do Brasil ::.

Primeira Fase – Grupo 4 – 1ª Rodada
8 de Junho de 1958, 19:00 hs – Estádio Rimnersvallen, em Uddevalla – 17.778 pag
Brasil 3 x 0 Áustria
Altafini Mazola, 38/1º
Nilton Santos, 4/2º
Altafini Mazola, 44/2º
Jogo 1
Primeira Fase – Grupo 4 – 2ª Rodada
11 de Junho de 1958, 19:00 hs – Estádio Nya Ullevi, em Gotemburgo – 40.895 pag
Brasil 0 x 0 Inglaterra
Jogo 2
Primeira Fase – Grupo 4 – 3ª Rodada
15 de Junho de 1958, 19:00 hs – Estádio Nya Ullevi, em Gotemburgo – 50.928 pag
Brasil 2 x 0 União Soviética
Vavá, 3/1º
Vavá, 32/2º
Jogo 2
# Para acessar as escalações das equipes, por favor, clique na palavra Jogo.
Tabela de Classificação do Grupo do Brasil
Selelção (Treinador) Pts Jgs Vit Emp Der GP GC Sg
• Brasil (Vicente Feola) 5 3 2 1 0 5 0 5
• União Soviética (Gavril Kachalin) 3 3 1 1 1 4 4 0
• Inglaterra (Walter Winterbottom) 3 3 0 3 0 4 4 0
• Áustria (Josef Argauer) 1 3 0 1 2 2 7 -5
# O dois primeiros colocados classificavam-se para as Quartas de Final.
Quartas de Final
19 de Junho de 1958, 19:00 hs – Estádio Nya Ullevi, Gotemburgo – 25.923 pag
Brasil 1 x 0 País de Gales
Pelé, 21/2º Jogo 4
Semi-Final
24 de Junho de 1958, 19:00 hs – Estádio Råsunda, em Solna – 27.100 pag
França 2 x 5 Brasil
Vavá, 2/1º
Didi, 39/1º
Pelé, 7/2º
Pelé, 19/2º
Pelé, 30/2º
Jogo 5 Just Fontaine, 9/1º
Roger Piantoni, 39/2º
Final
29 de Junho de 1958, 19:00 hs – Estádio Råsunda, em Solna – 49.737 pag
Suécia 2 x 5 Brasil
Nils Liedholm, 4/1º
Agne Simonsson, 35/2º
Jogo 6 Vavá, 9/1º
Vavá, 32/1º
Pelé, 10/2º
Zagallo, 23/2º
Pelé, 45/2º (cab)
# Para acessar as escalações das equipes, por favor, clique na palavra JOGO.

.:: Galeria de Imagens ::.
Em pé: Vicente Feola, Djalma Santos, Zito, Bellini, Nilton Santos, Orlando e Gilmar;
Agachados: Garrincha, Didi, Pelé, Vavá e Zagallo.
Crédito : www.globoesporte.globo.com
Em pé: Vicente Feola, Djalma Santos, Zito, Bellini, Nilton Santos, Orlando e Gilmar;
Agachados: Garrincha, Didi, Pelé, Vavá e Zagallo;
Crédito: www.gettyimages.com
O capitão Bellini, o técnico Vicente Feola e o goleiro Gilmar com a taça Jules Rimet;
Crédito: www.futebolglobal.com.br
.:: Os Campeões – The Champions ::.

# Fonte de Pesquisa: www.wikipedia.org/Brasil-na-Copa-do-Mundo-FIFA-de-1958


.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.


Anúncios

4 responses to this post.

  1. OUVI A FINAL PELO RADIO BONS TEMPOS

    Responder

  2. Posted by luis possidonio dos santos on 03/12/2016 at 23:40

    nunca mais veremos uma seleçao igual a esta

    Responder

  3. Posted by Nilo Nunes de Oliveira on 02/03/2017 at 1:39

    Eu tinha 14 anos. Foi o dia mais feliz da minha vida.

    Responder

  4. Posted by Ivan Silva de Lima on 22/03/2017 at 10:32

    Tive o privilégio de ouvir os jogos pelo rádio, na época ainda muito ruim, pois só se sabia quem tinha feito o gol alguns segundos depois. Três ou quatro dias depois, passava na TV os gols dos jogos.
    Sinto uma imensa saudade desse tempo, ainda adolescente, que marcou a minha vida. Se pudesse, voltaria para aquela época.
    Hoje, não se joga mais por amor à profissão, mas apenas por dinheiro. Seleção parecida foi a de 70.

    Responder

Deixe um Comentário, uma opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: