Elenco da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1986


.:: 13ª Copa do Mundo, México 1986 ::.

A Copa do Mundo FIFA de 1986 foi a 13ª Copa do Mundo disputada, e contou com a participação de 24 países divididos em seis grupos de quatro. De cada grupo os 2 primeiros colocados se classificavam diretamente para as Oitavas de Final. Para completar as 16 seleções classificadas, os 4 terceiros colocados de melhor campanha conquistavam a vaga por índice técnico. No total 113 países participaram das eliminatórias.

A Copa de 1986 seria disputada na Colômbia. Porém, os graves problemas econômicos deste país impediram os colombianos de serem os anfitriões do torneio. A FIFA ofereceu a Copa para o Brasil, os Estados Unidos e o Canadá em 1982, mas os governos destes três países recusaram. Então a Copa foi aceita pelo México, que foi escolhido em 1983 para sediar o mundial mais uma vez. Nem mesmo os terremotos um ano antes do mundial colocaram em risco a realização da copa.

O Brasil, cabeça de chave do Grupo “D”, novamente comandado por Telê Santana, fez uma estreia dura contra a seleção espanhola. A seleção canarinho, com o time muito modificado em relação ao “onze de 82”, tinha contudo uma defesa mais consistente. Zico, gravemente contundido só entrava no decorrer das partidas. Júnior foi deslocado para compor o meio campo com Sócrates. Nomes como Éder, Toninho Cerezo,Renato Gaúcho e Leandro não foram ao Mundial, por motivos que foram da indisciplina à deficiência técnica. O Brasil venceu a estréia por 1 x 0, em um jogo que deveria ter terminado em empate, pois um gol de Michel foi anulado injustamente pelo juiz. A bola bateu no travessão e após a linha do gol, mas ao contrário da final de 66, o juiz não validou o gol. O Brasil teve 100% de aproveitamento ao vencer por 1 x 0 a Argélia e por 3 x 0 a Irlanda do Norte. O destaque da seleção foi o desconhecido Josimar, lateral direito que foi convocado às pressas para a Copa no lugar de Leandro que desistiu no embarque. Com dois golaços, foi considerado o melhor jogador do mundial na posição. A “Fúria” venceu por 2 x 1 a Irlanda do Norte e por 3 x 0 a Argélia ficando com o segundo posto. Não houve classificado por índice técnico. (Fonte: wikipedia.org)

Eliminado nas Penalidades

A participação brasileira na Copa do Mundo de 1986 já estava tumultuada muito antes de a bola rolar no México. O fim do mandato de Giulite Coutinho na presidência da CBF deixou os dirigentes mais preocupados com a disputa eleitoral do que com a preparação da seleção.

Pouco antes das eliminatórias, o técnico Evaristo de Macedo foi substituído por Telê Santana. Antes do embarque, a seleção enfrentou o corte do atacante Renato Gaúcho, afastado do grupo por indisciplina. Em solidariedade ao colega, o lateral Leandro não apareceu no aeroporto.

No desembarque no México, a situação não melhorou. Sem organização, o Brasil não tinha nem campo para treinar. Realizou parte da preparação final em campos emprestados. Além disso, Telê Santana tinha vários jogadores machucados na delegação.

Zico fazia tratamento intensivo e um esforço tremendo para se recuperar a tempo de jogar. Júnior e Sócrates também não estavam em suas melhores condições físicas. A estreia contra a Espanha foi difícil. Com um futebol aquém da expectativa, o Brasil só venceu por 1 a 0 graças ao árbitro australiano Cristopher Bambridge, que invalidou um gol legítimo do espanhol Michel quando o jogo estava empatado.

Contra a Argélia, outra atuação que deixou a desejar: 1 a 0, com gol de Careca. Depois desse jogo, Casagrande, Alemão e Édson foram flagrados bebendo cerveja durante a apresentação de um circo. O episódio ocupou manchetes dos principais jornais e afetou o clima na seleção brasileira.

Na terceira rodada, diante da Irlanda do Norte, Telê Santana escalou o lateral Josimar, convocado às pressas para o lugar de Leandro. Ele entrou, deu conta do recado e até marcou um dos gols na vitória por 3 a 0. Careca fez os outros dois.

Nas oitavas de final, a seleção brasileira jogou sua melhor partida. Com tranquilidade, goleou a Polônia por 4 a 0, mesmo depois de levar um susto com uma bola na trave. Josimar teve outra boa atuação e marcou um belo gol. Careca, Sócrates e Edinho completaram.

Quando parecia que o Brasil estava embalando, os franceses, então campeões europeus, apareceram no caminho. Careca abriu o placar aos 18min de jogo, mas Platini empatou ainda no primeiro tempo. Na segunda etapa, o Brasil teve a chance de vencer quando Branco foi derrubado na área pelo goleiro Bats.

Zico, que acabara de entrar no lugar do atacante Müller, apresentou-se para a cobrança. Ele bateu mal, e o goleiro francês defendeu. De grande estrela brasileira, Zico passou a vilão da derrota. A França acabou fazendo 4 a 3 na decisão por pênaltis. Em uma das cobranças francesas, a bola bateu na trave e nas costas do goleiro Carlos antes de entrar. Um tremendo azar.

Nem mesmo as cobranças desperdiçadas por Sócrates e Júlio César fizeram a torcida esquecer o erro de Zico, que carregou o fardo da eliminação em sua triste despedida das Copas do Mundo. (Fonte: uol.com.br)

.:: Brasil, 5º Colocado ::.
Uma das Formações da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1986.
Em pé: Sócrates, Josimar, Júlio César, Edinho, Branco e Carlos; Agachados: Muller, Júnior, Careca, Alemão e Elzo. Técnico: Telê Santana (Crédito: www.minasretro.com.br)
Elenco da Seleção Brasileira na Copa do Mundo
Nome Completo Alcunha Clube J G P
01 GO Carlos Roberto Gallo Carlos SC Corinthians (SP) 5 1 3
02 LD Édson Boaro Édson SC Corinthians (SP) 2 0 1
03 ZA José Oscar Bernardi Oscar São Paulo FC (SP) 0 0 3
04 ZA Édno Nazareth Filho Édinho Udinese Calcio (ITA) 5 1 3
05 MV Paulo Roberto Falcão Falcão São Paulo FC (SP) 2 0 2
06 LE Leovegildo Lins da Gama Júnior Júnior Torino FC (ITA) 5 0 2
07 AT Luis Antônio da Costa Müller São Paulo FC (SP) 5 0 1
08 CA Wálter Casagrande Júnior Casagrande SC Corinthians (SP) 3 0 1
09 CA Antônio de Oliveira Filho Careca São Paulo FC (SP) 5 4 1
10 MC Artur Antunes Coimbra Zico CR Flamengo (RJ) 2 0 3
11 PE Edivaldo Martins Fonseca Edivaldo Atlético Mineiro (MG) 0 0 1
12 GO Paulo Vítor Barbosa de Carvalho Paulo Vítor Fluminense FC (RJ) 0 0 1
13 LD Josimar Higino Pereira Josimar Botafogo FR (RJ) 3 2 1
14 ZA Júlio César da Silva Júlio César Guarani FC (SP) 5 0 1
15 MV Ricardo Rogério de Brito Alemão Botafogo FR (SP) 5 0 1
16 AT Mauro Geraldo Galvão Mauro Galvão SC Internacional (RS) 0 0 1
17 AT Cláudio Ibrahim Vaz Leal Branco Fluminense FC (RJ) 5 0 1
18 MC Sócrates Brasileiro Sampaio S.V.O. Sócrates CR Flamengo (RJ) 5 1 2
19 MV Elzo Aloísio Coelho Elzo Atlético Mineiro (MG) 5 0 1
20 MC Paulo Silas do Prado Pereira Silas São Paulo FC (SP) 2 0 1
21 ZA Valdo Cândido Filho Valdo Grêmio FBPA (RS) 0 0 1
22 GO Émerson Leão Leão SE Palmeiras (SP) 0 0 4
Técnico: Telê Santana da Silva Telê Santana Conf. Brasileira de Futebol
# Capitão da Seleção Brasileira: Sócrates Brasileiro Sampaio de Souza Vieira de Oliveira;
# Página Oficial da FIFA: www.fifa.com/worldcup/teams/brazil
# Referência: wikipedia.org/1986-word-cup/squad

.:: Campanha Brasileira ::.

Primeira Fase – Grupo D – Primeira Rodada
1 de Junho de 1986, 12:00 hs – Estadio Jalisco, em Guadalajara – 35,748 pag
Espanha – Spain 0 x 1 Brasil – Brazil
Jogo 1 Sócrates, 62′ (cabeça)
Primeira Fase – Grupo D – Segunda Rodada
6 de Junho de 1986, 12:00 hs – Estadio Jalisco, em Guadalajara – 48,000 pag
Brasil – Brazil 1 x 0 Argélia – Algeria
Careca, 66′ Jogo 2
Primeira Fase – Grupo D – Terceira Rodada
12 de Junho de 1986, 12:00 hs – Estadio Jalisco, em Guadalajara – 51,000 pag
Irlanda do Norte – Northern Ireland 0 x 3 Brasil – Brazil
Jogo 3 Careca, 15′
Josimar, 42′
Careca, 87′
Oitavas as de Final
16 de Junho de 1986, 12:00 hs – Estadio Jalisco, em Guadalajara – 45,000 pag
Brasil – Brazil 4 x 0 Polônia – Poland
Jogo 4 Sócrates, 30′ (pen)
Josimar, 55′
Edinho, 79′
Careca, 83′ (pen)
Quartas de Final
21 de Junho de 1986, 12:00 hs – Estadio Jalisco, em Guadalajara – 65,000 pag
Brasil – Brazil 1 x 1 França – France
Careca, 17′
Pênaltis (3)
Sócrates (Defendeu)
Alemão (Gol)
Zico (Gol)
Branco (Gol)
Júlio César (Na Trave)
Jogo 5
3 x 4
0 x 1
1 x 2
2 x 3
3 x 3
3 x 4
Michel Platini, 40′
Pênaltis (4)
Yannick Stopyra (Gol)
Manuel Amoros (Gol)
Bruno Bellone (Gol)
Michel Platini (Pra Fora)
Luis Fernández (Gol)
# 21/06 o Brasil perdeu nas penalidades para a França por 4 x 3;
# Para acessar as escalações das equipes, por favor, clique na palavra JOGO.

.:: Os Jogadores – The Players ::.

Anúncios

3 responses to this post.

  1. Posted by Wilson José da Silva Júnior on 16/03/2016 at 12:24

    Bom dia.

    Era a geração de atletas que estavam começando suas carreiras ( Muller e Silas por exemplo) com uma geração que seria a última copa que disputariam ( Sócrates , Júnior, Zico ) aliás estes três últimos foram convocados sem as suas melhores condições físicas.
    Quanto a convocação do Galinho, acredito que o saudoso técnico Telê Santana tenha sofrido uma pressão muito grande por parte da imprensa e torcida. pois o camisa 10 da Gávea não tinha a mínima condição de disputar a Copa.

    Responder

  2. Posted by simeão on 07/08/2016 at 17:56

    ele estava sem condição fisica msm,mas mesmo assim era o melhór do time,um grande jogador que era pra ter ido ha essa copa era o renato gaucho mas o burro do tele cortou o msm..

    Responder

  3. Quando Telê cortou Eder e Renato, e deixou Leão e Mauro Galvão(este nem no banco ficou) de fora da lista dos titulares, ali a copa estava perdida…

    Responder

Deixe um Comentário, uma opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: