Elenco da Seleção Brasileira na Copa das Confederações de 2001


5ª Copa das Confederações, KOR-JPN 2001

A quinta edição da Copa das Confederações, em 2001, foi a primeira tentativa de uma fórmula que se firmaria a partir de 2005: a de usar o evento como teste para o país-sede da Copa do Mundo. No caso, dois países: Coreia do Sul e Japão, que organizariam no ano seguinte o primeiro mundial dividido entre duas nações.
Mas se a Fifa e os organizadores sul-coreanos e japoneses encararam a competição como prévia da Copa, o mesmo não se pode dizer da seleção brasileira e da CBF. Com dificuldades nas Eliminatórias, a entidade estimulou o controverso técnico Emerson Leão a poupar os principais jogadores e escalar um time praticamente reserva.
A seleção francesa era apontada como grande favorita e até mais respeitada internacionalmente que três anos antes, com craques como Sagnol, Lizarazu, Pirès, Desailly, Anelka e Karembeu, embora sem Zidane. Na fase de grupos, a França sobrou contra Coreia do Sul e México, com vitórias implacáveis de 5 a 0 e 4 a 0, respectivamente, embora tenha tomado um susto com a derrota para a Austrália, por 1 a 0, na segunda rodada.
Do lado da embalada França e dos azarões japoneses, a final da Copa das Confederações de 2001 pretendia ser uma antecipação do que a torcida local queria ver no ano seguinte. Mas com um gol de Vieira, aos 30 minutos do 1º tempo, e uma seleção francesa segura do meio-campo para trás, não houve possibilidade de uma zebra nipônica.
Um dos maiores antagonistas brasileiros conquistava seu segundo título intercontinental, o primeiro da Copa das Confederações e partia como favorito para a Copa do Mundo. O Brasil saia humilhado com apenas três gols e uma vitória em cinco jogos. Felizmente, para nós, tudo se inverteu em apenas um ano e a França que daria vexame na competição mais importante. (Fonte: blogs.diariodonordeste.com.br)

A Seleção Brasileira:

No grupo do Brasil, o B, estavam as seleções de Camarões, Canadá e Japão, respectivamente campeões da África, Concacaf e Ásia. Já no grupo A estava a então campeã do mundo, a França, a co-anfitriã Coreia do Sul, o campeão da Copa das Confederações anterior, o México, além da campeã da Oceania, a Austrália. Aquela foi a única edição em que o vencedor do torneio passado garantiu vaga na edição seguinte.
Mesmo com jogadores de menor expressão, o início da Seleção, em Kashima (casa brasileira na primeira fase), no Japão, pareceu promissor e o Brasil venceu os camaroneses, por 2 a 0, com gols de Washington e Carlos Miguel, aos 8 e 12 minutos do 2º tempo, respectivamente. Na outra partida da chave, em Niigata, os japoneses, donos da casa, foram muito mais incisivos e golearam a seleção canadense por 3 a 0.
E foi exatamente contra o Canadá que o Brasil começou a perceber que não teria vida fácil no torneio. Depois do vexame da estreia, o país do extremo norte da América conseguiu segurar a “Canarinho”. No mesmo dia, os japoneses voltariam a vencer, com relativa facilidade: 2 a 0 sobre Camarões.
Na rodada final da primeira fase, a “Seleção” encarava os anfitriões, de olho na liderança. Mas um novo empate em 0 a 0, embora tenha garantido a classificação verde-amarela, deixou os comandados de Leão com a segunda colocação e a difícil tarefa de encarar a França, algoz brasileiro na Copa de 1998.
A segunda colocação também obrigou o Brasil a mudar não só de cidade, mas também de país. A partida contra a França seria em Suwon, na Coreia do Sul. Logo aos 7 minutos, Pirès abriu o placar e trouxe de volta as más lembranças de 1998, com o agravante da visível diferença de qualidade entre as duas seleções. Mesmo assim, na base da superação, os pupilos de Leão chegaram ao empate, com gol do apenas razoável atacante Carlos Miguel, aos 30 minutos da primeira etapa.
No segundo tempo, logo aos 9 minutos, Desailly tratou de devolver a vantagem aos franceses e o Brasil não teve forças para conseguir uma nova igualdade no marcador. A vitória da França consolidava “Les Bléus” como a melhor seleção do planeta no início do século XXI e ampliava o tabu entre as duas equipes, mas aparentemente não teria maiores repercussões para o futebol brasileiro. Isso porque a CBF havia dado a entender que não haveria mudança no comando técnico, por conta do insucesso. Mas não foi bem o que aconteceu, o que será explicado parágrafos adiante.
O gol do australiano Murphy, aos 39 minutos do 2º tempo, em Ulsan, na Coreia do Sul, selou o destino de um dos treinadores mais contestados da história da seleção brasileira. O resultado foi a já esperada, embora nunca sugerida pela CBF (que fazia o discurso do “treinador prestigiado), demissão. Estavam abertos, assim, os caminhos para o técnico Luiz Felipe Scolari, que reverteria os prognósticos negativos, classificaria o Brasil e conquistaria o pentacampeonato em 2002. (Fonte: blogs.diariodonordeste.com.br)


.:: Brasil, 4º Colocado ::.

Umas das Formações da Seleção Brasileira no torneio.
Em pé: Dida, Edmilson, Lúcio, Vampeta e Zé Maria;
Agachados: Sonny Ânderson, Vágner, Washington, Ramon, Léo e Leomar.
www.terceirotempo.bol.uol.com.br
Elenco da Seleção Brasileira na Competição
Nome do Atléta Clube Jg G P
01 GO Nélson de Jesus Silva “DIDA” AC Milan/ITA 5 3 3
02 LD José Maria Ferreira “ZÉ MARIA” Perugia/ITA 5 0 2
03 ZA Lucimar Ferreira da Silva “LÚCIO” B. Leverkusen/ALE 4 0 1
04 ZA José EDMILSON Gomes de Moraes Olympique Lyon/FRA 5 0 1
05 MV LEOMAR Leiria Sport Recife/PE 4 0 1
06 LE GUSTAVO NERY de Sá da Silva São Paulo/SP 0 0 1
07 AT LEANDRO Câmarado AMARAL AC Fiorentina/ITA 4 0 1
08 MV Marcos André Batista dos Santos “VAMPETA” Paris st.Germain/FRA 3 0 2
09 AT “SONNY” ÂNDERSON da Silva Olympique Lyon/FRA 2 0 1
10 MC ROBERT da Silva Almeida Santos/SP 3 0 1
11 AT CARLOS MIGUEL da Silva Júnior São Paulo/SP 5 1 1
12 GO CARLOS GERMANO Schwambach Neto Portuguesa-D/SP 0 0 1
13 LD EVANILSON Aparecido Ferreira Borüssia Dortmund/ALE 0 0 2
14 ZA CÉSAR Augusto Belli Michelon Rennes/FRA 0 0 2
15 ZA CLÁUDIO Roberto da Silva “CAÇAPA” Olympique Lyon/FRA 2 0 1
16 LE Leonardo Lourenço Bastos “LÉO” Santos/SP 5 0 1
17 MC VÁGNER Rogério Nunes Celta de Vigo/ESP 1 0 1
18 MV FÁBIO Rochemback Internacional/RS 5 0 1
19 MA JÚLIO César Clemente BAPTISTA São Paulo/SP 2 0 1
20 MC RAMON Menezes Rubner Fluminense/RJ 5 1 1
21 AT WASHINGTON Stecanela Cerqueira Ponte Preta/SP 5 1 1
22 AT MAGNO ALVES de Araújo Fluminense/RJ 3 0 1
23 GO FÁBIO COSTA Santos/SP 0 0 1
Técnico: Émerson Leão Émerson Leão 5 Jogos
# Capitão da Seleção Brasileira: Vampeta depois Leomar.
# Link Externo (External Link): Crédito: www.wikipedia.org/confederations-cup

.:: Campanha do Brasil ::.

Primeira Fase – Grupo B – 1ª Rodada
31 de Maio – Kashima Soccer Stadium, em Ibaraki – 10,519 pag
Brasil 2 x 0 Camaróes
Washington, aos 7′/2º
Carlos Miguel, aos 11′/2º
Jogo 1
Primeira Fase – Grupo B – 2ª Rodada
2 de Junho – Kashima Soccer Stadium, em Ibaraki – 12,095 pag
Canadá 0 x 0 Brasil
Jogo 2
Primeira Fase – Grupo B – 3ª Rodada
4 de Junho – Kashima Soccer Stadium, Ibaraki – 37,740 pag
Japão 0 x 0 Brasil
Jogo 3
# Para acessar as escalações das equipes, por favor, clique na palavra JOGO.
Classificação do Grupo do Brasil
Seleção (Treinador) P J V E D GP GC S
• Japão (Philippe Troussier) 7 3 2 1 0 5 0 5
• Brasil (Émerson Leão) 5 3 1 2 0 2 0 2
• Camarões (Winfried Schaefer) 3 3 1 0 2 4 -2 -5
• Canadá (Holger Osieck) 1 3 0 1 2 0 5 -5
# Os dois primeiros colocados se classificam para Semifinal.
Semi-Final
7 de Junho – Suwon World Cup Stadium, em Suwon – 34,527 pag
França 1 x 2 Brasil
Robert Pirès, aos 6′/1º
Marcel Desailly, aos 8′/2º
Jogo 4 Ramon Menezes, aos 29′/1º
Disputa do Terceiro Lugar
9 de Junho – Munsu Cup Stadium, em Ulsan – 28,520 pag
Austrália 1 x 0 Brasil
Shaun Murphy (cab), aos 38′/2º Jogo 5
# Para acessar as escalações das equipes, por favor, clique na palavra JOGO.
Anúncios

One response to this post.

  1. Posted by dser on 22/03/2017 at 3:36

    O time era medio para bom.

    Responder

Deixe um Comentário, uma opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: