Elenco da Seleção Brasileira na Copa das Confederações de 2005

7ª Copa das Confederações, Alemanha 2005

Os brasileiros, porém, não foram os únicos que encantaram na Alemanha. A vice-campeã Argentina, o México e o selecionado da casa também fizeram campanhas sensacionais. A anfitriã Alemanha, em especial, demonstrou em cinco jogos que seria uma força a ser temida na Copa do Mundo da FIFA do ano seguinte. O técnico Jürgen Klinsmann dispunha de um plantel formado por jogadores jovens e ambiciosos, cujo futebol ofensivo e vibrante fascinou o país. Os comandados de Klinsmann superaram os mexicanos em uma emocionante disputa pelo terceiro lugar, vencendo por 4 a 3 e deixando o torcedor com água na boca à espera do Mundial.
O ídolo da seleção alemã Michael Ballack reiterou a sua liderança dentro de campo arrematando três prêmios de Craque do Jogo Anheuser Busch, concedidos pelo Grupo de Estudos Técnicos da FIFA. Os tricampeões mundiais contaram ainda com Lukas Podolski e Bastian Schweinsteiger, dois jovens talentosos que caíram nas graças da torcida jogando um futebol audacioso e alegre.
Outros países também apresentaram sensações. Pela Argentina, Lucho Figueroa e principalmente Riquelme foram o centro das atenções. O segundo ganhou a Bola de Prata adidas pelas atuações excepcionais na Alemanha 2005. Juntos, Figueroa e Riquelme marcaram sete dos dez gols argentinos no torneio.
O goleiro mexicano Oswaldo Sanchez, eleito duas vezes Craque do Jogo Anheuser Busch, fez defesas memoráveis e foi sem dúvida o melhor guarda-metas da competição. Mesmo jogadores de países que não sobreviveram à fase de grupos deixaram a sua marca o torneio, como o japonês Shunsuke Nakamura e o australiano John Aloisi, cujos quatro gols em três jogos lhe renderam um novo contrato. Aos 29 anos, o atacante trocou o Osasuna espanhol pelo vice-campeão grego Panathinaikos.
Nakamura voltará à Alemanha no ano que vem, pois o Japão já carimbou passaporte para o Mundial. A presença de Aloisi, porém, ainda não está certa. A Austrália precisa superar as Ilhas Salomão no duelo decisivo da Oceania antes de disputar a repescagem intercontinental contra o quinto colocado da América do Sul.
Três participantes do torneio já garantiram vagas na Copa do Mundo da FIFA 2006: Argentina, Japão e a anfitriã Alemanha. Brasil, México e Tunísia estão muito perto de voltar à Europa daqui a um ano.
A Grécia, por sua vez, enfrenta uma situação mais complicada. O triunfo na Euro 2004 já é apenas uma lembrança distante. Os comandados do técnico Otto Rehhagel decepcionaram em todos os sentidos na Copa das Confederações das FIFA Alemanha 2005, somando um único ponto sem marcar nenhum gol. A apaixonada torcida grega está pronta para o Mundial, mas a seleção precisa fazer grandes mudanças para se classificar. Atualmente a Grécia ocupa a terceira posição do Grupo 2 das eliminatórias europeias, atrás de Ucrânia e Turquia.

O Brasil venceu a Copa das Confederações da FIFA Alemanha 2005 após uma final fantástica contra o seu eterno rival da América do Sul. A exatos 345 dias do pontapé inicial da Copa do Mundo da FIFA, a Seleção apresentou suas credenciais para a defesa do título mundial na Alemanha 2006 com uma vitória contundente de 4 a 1 sobre a Argentina. O resultado não deixou dúvidas sobre o favoritismo dos brasileiros, cotadíssimos para erguer o cobiçado troféu mais uma vez.
Ronaldinho Gaúcho, Adriano e companhia mostraram todo o seu talento e ofuscaram os adversários em uma partida decisiva de altíssimo nível. A vitória sobre os argentinos serviu também para que os brasileiros dessem o troco pela derrota de 3 a 1 sofrida em Buenos Aires três semanas antes, em jogo válido pelas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo da FIFA 2006.
Muitas críticas foram feitas à Seleção de Carlos Alberto Parreira depois daquele revés, mas todas as vozes se calaram rapidamente diante da brilhante atuação dos pentacampeões mundiais. Além de apresentar o sucesso coletivo dos brasileiros, o torneio serviu de palco para que alguns jogadores mostrassem ao mundo o seu talento individual.
O craque do torneio
Os cinco gols de Adriano renderam a ele a artilharia do torneio e o prêmio Chuteira de Ouro adidas. O capitão da Alemanha Michael Ballack e o australiano John Aloisi ficaram em segundo e terceiro lugares, com quatro gols cada um.
Aos 23 anos, Adriano também recebeu a Bola de Ouro adidas de melhor jogador do torneio, eleito à frente do argentino Juan Román Riquelme e do companheiro de Seleção Ronaldinho Gaúcho.
Todos os gols de Adriano foram frutos de jogadas bem tramadas pelo “Quadrado Mágico” ou simplesmente da habilidade do atacante — foram espetaculares. Junto com o companheiro de ataque Robinho e com os meias Kaká e Ronaldinho Gaúcho, Adriano provocou o caos nas defesas adversários e quase fez com que todos esquecessem do ídolo Ronaldo, dispensado por Parreira. (Fonte: fifa.com)


.:: Brasil, Campeão ::.

Elenco da Seleção Brasileira campeão da Copa das Confederações de 2005.
Em pé: Gomes, Renato, Marcos, Gilberto Silva, Mancini, Luisão, Juan, Adriano, Zé Roberto, Lúcio, Dida, Roque Júnior, Émerson e Ronaldinho; Agachados: Edu Gaspar, Juninho, Maicon, Kaká, Júlio Batista, Tobinho, Cicinho, Gilberto Melo e Léo. (@pnlopes)
Fonte: www.placar.abril.com.br
Elenco da Seleção Brasileira na Competição
Atleta Alcunha Clube J G P
01 GO Nélson de Jesus Silva Dida AC Milan/ITA 4 4 5
02 LD Maicon Douglas Sisenando Maicon AS Monaco/FRA 2 0 1
03 ZA Lucimar Ferreira da Silva Lúcio Bayern München/ALE 5 0 3
04 ZA José Vítor Roque Júnior Roque Júnior B. Leverkusen/ALE 4 0 1
05 MV Émerson Ferreira da Rosa Émerson FC Juventus/ITA 4 0 3
06 LE Gilberto da Silva Melo Gilberto Melo Hertha Berlim/ALE 4 0 2
07 AT Róbson de Sousa Robinho FC Santos/SP 5 2 1
08 MA Ricardo Izecson dos Santos Leite Kaká AC Milan/ITA 5 1 1
09 AT Adriano Leite Ribeiro Adriano Internazionale/ITA 5 5 2
10 MA Ronaldo de Assis Moreira Ronaldinho FC Barcelona/ESP 5 3 3
11 MC José Roberto da Silva Jr Zé Roberto Bayern München/ALE 5 0 3
12 GO Marcos Roberto Silveira dos Reis Marcos SE Palmeiras/SP 1 2 2
13 LD Cícero João de Cézare Cicinho FC São Paulo/SP 5 0 1
14 ZA Juan Silveira dos Santos Juan Silveira B. Leverkusen/ALE 1 0 2
15 ZA Ânderson Luís da Silva Luisão SL Benfica/POR 0 0 1
16 LE Leonardo Lourenço Bastos Léo SL Benfica/POR 1 0 2
17 MV Gilberto Aparecido da Silva Gilberto Silva FC Arsenal/ING 1 0 1
18 MC Antônio Augusto Ribeiro Reis Jr Juninho PE Olympique Lyon/FRA 3 1 1
19 MV Renato Dirnei Florêncio Renato Dirnei FC Sevilla/ESP 5 0 1
20 MA Júlio César Clemente Baptista Júlio Baptista FC Sevilla/ESP 2 0 2
21 AT Ricardo de Oliveira Ricardo Oliveira Real Betis/ESP 2 0 1
22 MV Eduardo César Gaspar Edu Gaspar FC Arsenal/ING 1 0 1
23 GO Heurelho da Silva Gomes Gomes PSV Eindhoven/HOL 0 0 1
Técnico: Carlos Alberto Gomes Parreira Parreira Conf. Brasileira de Futebol
# Capitão da Seleção Brasileira: Roque Júnior depois Ronaldinho.
# Adriano foi o Artilheiro da competição com 5 gols e ganhou a Chuteira de Ouro; Adriano, também, ganhou a Bola de Ouro como Melhor Jogador; Ronaldinho ficou com a Bola de Bronze;
# Link Externo (External Link): Crédito: www.wikipedia.org/confederations-cup

.:: Campanha do Brasil ::.

Primeira Fase – Grupo B – 1ª Rodada
16 de Junho – Zentralstadion, em Leipzig – 42,507 pag
Brasil 3 x 0 Grécia
Adriano Imperador, 40′
Robinho, 46′
Juninho Pernambucano, 80′
Jogo 1
Primeira Fase – Grupo B – 2ª Rodada
19 de Junho – AWD-Arena, em Hanover – 43,677 pag
México 1 x 0 Brasil
Jared Borgetti, 58′ Jogo 2
Primeira Fase – Grupo B – 3ª Rodada
22 de Junho – RheinEnergieStadion, em Colônia – 44,922 pag
Japão 2 x 2 Brasil
Shunsuke Nakamura, 26′
Masashi Oguro, 87′
Jogo 3 Robinho, 9′
Ronaldinho, 31′
Semifinal
25 de Junho – Frankenstadion, em Nuremberg – 42,187 pag
Alemanha 2 x 3 Brasil
Lukas Podolski, 22′
Michael Ballack, 45’+2 (pen)
Jogo 4 Adriano Imperador, 20′
Ronaldinho, 42′ (pen)
Adriano Imperador, 75′ (Falta)
Final
29 de Junho – Waldstadion, em Frankfurt – 45,591 pag
Brasil 4 x 1 Argentina
Adriano Imperador, 10′
Kaká, 15′
Ronaldinho, 47′
Adriano Imperador, 62′
Jogo 5 Pablo Aimar, 64′
# Para acessar as escalações das equipes, por favor, clique na palavra JOGO.

.:: Galeria de Imagens ::.
Jogadores do Brasil comemoram a conquista da Copa das Confederações de 2005.
Crédito da Imagem: www.goal.com
Adriano recebe a Chuteira de Ouro do presidente da FIFA Joseph Blatter;
Crédito da Imagem: www.goal.com
Robinho e Ronaldinho Gáucho beijam a taça da Copa das Confederações;
Crédit: www.gettyimages.no/

.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.

Anúncios

Deixe um Comentário, uma opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: