10 de Junho de 2009 – Brasil 2 x 1 Paraguai

Kaká disputa jogada com Ledesma na vitória que valeu a liderança das Eliminatórias;
Crédito: www.gettyimages.ae
Ficha Tecnica
Brasil 2 x 1 Paraguai
FIFA World Cup Qualifier South Africa 2010
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010 – 14ª Rodada
• Data (Date): Quarta-Feira, 10 de Junho de 2009 – às 21:50 hs (de Brasília)
• Estádio (Stadium): Santa Cruz FC – Colosso do Arruda, em Recife/PE
• Público (Attendance): 56.682 espectadores
• Árbitro (Referee): Óscar Julián Ruiz Acosta (Colômbia)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Abraham González (Colômbia)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Wilson Enrique Berrío (Colômbia)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Hernando Buitrago (Colômbia)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Felipe Melo, aos 37’/1º Victor Cáceres, aos 37’/1º
Lúcio, aos 43’/1º Julio Cesar Cáceres, aos 25’/2º
Ramires, aos 15’/2º
Gols | Goals | Goles Gols | Goals | Goles
1-0 Robinho, aos 39’/1º 1-2 Salvador Cabañas (Falta), aos 24’/2º
2-0 Nilmar, aos 4’/2º
Brasil – Brazil Paraguai – Paraguay
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Júlio César
02 Daniel Alves
03 Lúcio ©
04 Juan Silveira
06 Kléber
05 Felipe Melo
08 Gilberto Silva
07 Elano (Ramires)
10 Kaká
11 Robinho (Kléberson)
09 Nilmar (Alexandre Pato)
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
01 Justo Villar
02 Darío Verón
05 Julio César Cáceres
14 Paulo da Silva
04 Denis Caniza ©
06 Carlos Bonet (E. Benítez)
15 Víctor Cáceres
16 Cristian Riveros
08 Eduardo Ledesma (S. Aquino)
09 Osvaldo Martínez (D. López)
10 Salvador Cabañas
Coach: Dunga Coach: Gerardo Martino
12
13
14
15
16
17
18
Víctor Bagy (gk)
Maicon Sisenando
Luisão
Kléberson, aos 39’/2º
Júlio Baptista
Ramires, aos 14’/2º
Alexandre Pato, aos 28’/2º
03
07
11
12
13
17
18
Aureliano Torres
Sergio Aquino, aos 15’/2º
Jonathan Santana
Aldo Bobadilla (gk)
Enrique Vera
Dante López, aos 31’/2º
Edgar Benítez, aos 24’/2º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
1 x 0 1 x 1 2 x 1
● Com esse resultado o Brasil assumiu a liderança das Eliminatórias sul-americanas.
● O Paraguai foi dirigido por Jorge Pautasso porque o técnico titular Gerardo “Tata” Martino está cumprindo uma suspenção por ter sido expulso na última rodada contra o Equador;
● Brasil: Camisa Amarela, Calção Azul e Meias Brancas (Nike).
● Paraguai: Camisa listrada Branco-Vermelho, Calção Branco e Meias Azuis (Adidas);
● Links Externos (Externa Links): www.fifa.com/worldcup/matches/qualifier
● Links Externos (Externa Links): www.wikipedia.org/tabela-das-eliminatórias
● Assiti esse jogo, ao vivo, pela TV Verdes Mares, canal 10, afiliada da Globo;
● Convocação da Seleção Brasileira: jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com
Classificação Geral das Eliminatórias Para a Copa do Mundo de 2010
Po Seleção P J V E D Po Seleção P J V E D
Brasil 27 14 7 6 1 Uruguai 18 14 4 6 4
Chile 26 14 8 2 4 Venezuela 17 14 5 2 7
Paraguai 24 14 7 3 4 Colômbia 17 14 4 5 5
Argentina 22 14 6 4 4 Bolívia 12 14 3 3 8
Equador 20 14 5 5 4 10º Peru 7 14 1 4 9
# Os 4 melhores classificam-se direto para a Copa do Mundo. O 5º vai pra repescagem.
Desempenho de Dunga na Seleção Brasileira
Dunga Jgs Vit Emp Der GP GC Saldo
Amistosos 20 15 3 2 42 15 27
Copa América 6 4 1 1 15 5 10
Eliminatórias da Copa 14 7 6 1 25 6 19
Seleção Olímpica 4 3 0 1 6 3 3
Jogos Olímpicos 6 5 0 1 14 3 11
Total 50 34 10 6 102 32 70
Dunga em 2006 6 5 1 0 14 3 11
Dunga em 2007 19 11 5 3 38 16 22
Dunga em 2008 20 14 3 3 38 11 27
Dunga em 2009 5 4 1 0 12 2 10

.:: Galeria de Imagens ::.
Em pé: Kléber, Júlio César, Gilberto Silva, Juan, Lucio e Felipe Melo;
Agachados: Daniel Alves, Nilmar, Kaká, Robinho e Elano; @pnlopes
Em pé: Denis Cañiza, Justo Villar, Victor Cáceres, Dario Verón, Julio Cesar Cáceres e Paulo da Silva; Agachados: Osvaldo Martinez, Eduardo Ledesma, Salvados Cabañas, Cristian Riveros e Carlos Bonet;
Estádio José do Rêgo Maciel “Arruda”, em Recife/PE, 60.044 pessoas;
Crédito: www.mapio.net

.:: Os Times – The Teams – Las Equipos ::.
Brasil (Brazil) Paraguai (Paraguay)
01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
11
12
13
14
15
16
17
18
Júlio César (Inter de Milão)
Daniel Alves (FC Barcelona ESP)
Lúcio (Bayern München)
Juan Silveira (AS Roma)
Felipe Melo (FC Juventus de Turim)
Kléber (Sport Club Internacional)
Elano (Manchester City FC)
Gilberto Silva (FC Pabathinaikos)
Nilmar (Sport Club Internacional)
Kaká (AC Milan)
Robinho (Manchester City FC)
Víctor (Grêmio FBPA)
Maicon (Inter de Milão)
Luisão (SL Benfica)
Kléberson (Clube de Regatas Flamengo)
Júlio Baptista (AS Roma)
Ramires (Cruzeiro Esporte Clube)
Alexandre Pato (AC Milan)
01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
11
12
13
14
15
16
17
18
Justo Villar (Real Valadollid)
Darío Verón (Pumas UNAM)
Aureliano Torres (CA San Lorenzo)
Denis Caniza (Club Olimpia)
Julio César Cáceres (CA Boca Juniors)
Carlos Bonet (Edgar Benítez)
Sergio Aquino (Club Libertad)
Eduardo Ledesma (CA Lanús)
Osvaldo Martínez (CF Monterrey)
Salvador Cabañas (America do México)
Jonathan Santana (CA San Lorenzo)
Aldo Bobadilla (Independiente Medellín)
Enrique Vera (America do México)
Paulo da Silva (Deportivo Toluca)
Víctor Cáceres (Club Libertad)
Cristian Riveros (Deportivo Cruz Azul)
Dante López (Pumas UNAM)
Edgar Benítez (Club Pachuca)
Carlos Caetano Bledorn Verry Gerardo Daniel Martino Capiglioni
# Convocação da Seleção Brasileira: jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Crônica do Jogo

O Brasil chegará nesta quinta-feira à África do Sul para disputar a Copa das Confederações na condição de líder isolado das Eliminatórias da América do Sul e a vaga praticamente garantida no Mundial 2010. Com gols de Robinho e Nilmar, a seleção brasileira derrotou o Paraguai por 2 a 1, de virada, em Recife, e chegou aos 27 pontos na classificação, sete a mais que o quinta colocado Equador, a quatro rodadas do fim da competição. E enfim a equipe nacional voltou a vencer duas partidas seguidas pelas Eliminatórias, o que não acontecia desde 1993.

O Paraguai, que era líder até o início da rodada dupla desta semana, caiu para a terceira colocação, com 24 pontos, atrás do Chile, que bateu a Bolívia em Santiago e chegou a 26. A Argentina, que perdeu para o Equador por 2 a 0 em Quito, estacionou nos 22 pontos, em quarto lugar. E é exatamente a Argentina a próxima adversária do Brasil, no início de setembro, em Buenos Aires.

Apesar do apoio da torcida e da confiança pela boa vitória de sábado passado sobre o Uruguai, o Brasil começou o jogo desta quarta de forma tímida, trocando a pressão esperada por chutes inofensivos de longe. Até os 20 minutos, Robinho, duas vezes, Kaká, Elano e Daniel Alves já tinham arriscado da entrada da área – quando não ia para fora, parava facilmente nas mãos do goleiro Villar. Ainda assim, a seleção tinha o mérito de dominar o jogo e manter o Paraguai em seu campo.

Mas aos poucos os visitantes foram deixando de lado o respeito pelo futebol brasileiro. E quando começaram a atacar, foram mais objetivos. Aos 22, o gordinho Cabañas deixou Juan sentado e deu ótimo passe para Martinez, que matou no peito e bateu de virada, assustando Júlio César.

Pouco depois, o sempre perigoso Cabañas levou vantagem novamente sobre Juan e sofreu falta na entrada da área. Ele mesmo cobrou, Elano tentou cortar e acabou enganando Júlio César: 1 a 0 Paraguai, aos 25 minutos. O Brasil sentiu o golpe e demorou a se organizar novamente em campo. Até que, aos 40 minutos, Daniel Alves cruzou alto da direita, a bola atravessou a pequena área e chegou a Robinho, que bateu de primeira, com o pé esquerdo, empatando a partida antes do intervalo.

A virada brasileira saiu logo no primeiro ataque do segundo tempo. Felipe Melo fez ótimo lançamento para Nilmar, que tentou o passe de peito na área. A bola bateu na defesa e voltou para o camisa 9, que tocou por cima de Villar para fazer 2 a 1, aos quatro minutos.

Com o Paraguai obrigado a se lançar à frente, o Brasil passou a explorar os contra-ataques. E foi então que sobressaiu a excelente fase de Kaká, que abusou da velocidade na ligação entre a defesa e o ataque. Numa dessas jogadas, aos 12, o camisa 10 atravessou quase todo o campo, lançou Robinho e fez a ultrapassagem pela esquerda, mas o atacante do Manchester City preferiu o chute, por cima.

Aos 27, Kaká arrancou novamente e só foi parado com falta por Cáceres, que recebe o cartão amarelo. Na cobrança, Daniel Alves quase marcou, mas a bola saiu à esquerda de Villar. O Paraguai, que pouco atacava, só voltou a assustar aos 34, de novo com Cabañas, que entrou na área pela esquerda só que dessa vez bateu cruzado, para fora. O Brasil continuou atacando mas perdeu seguidas chances com Robinho, Daniel Alves e Kaká. Gols perdidos que não fizeram falta no fim. (Fonte: extra.globo.com)


.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.

Anúncios

Deixe um Comentário, uma opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: