09/09/2009 – Brasil 4 x 2 Chile

Nilmar marcou três gols na goleada contra o Chile em Salvador;
Crédito: gazetapress.com/Wander-Roberto/Gazeta-Press
Ficha Tecnica
Brasil 4 x 2 Chile
FIFA World Cup Qualifier South Africa 2010
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010 – 16ª Rodada
• Data (Date): Quarta-Feira, 9 de Setembro de 2009 – 21:50 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Municipal Roberto Santos “Pituaçu”, em Salvador/BA
• Público (Attendance): 30.370 pagantes – Renda: R$ 4.350.425,00
• Árbitro (Referee): Jorge Luis Larrionda Pietrafesa (Uruguai / Uruguay)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Pablo Fandino (Uruguai / Uruguay)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Mauricio Espinosa (Uruguai / Uruguay)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Dario Ubriaco (Uruguai / Uruguay)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Felipe Melo, aos 4’/2º Gonzalo Jara, aos 5’/1º
Alexis Sanchez, aos 15’/2º
Alexis Sanchez, aos 31’/2º
Goals | Gols | Goles Goals | Gols | Goles
1-0 Nilmar, aos 30’/1º 1-2 Humberto Suazo (pen), aos 45’/1º
2-0 Júlio Baptista, aos 39’/1º 2-2 Humberto Suazo, aos 6’/2º
3-2 Nilmar (cab), aos 29’/2º
4-2 Nilmar, aos 32’/2º
Brasil – Brazil Chile
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Júlio César
02 Maicon Sisenando
03 Miranda
04 Luisão
06 André Santos (Elano)
05 Felipe Melo [Expulso]
08 Gilberto Silva ©
07 Daniel Alves
10 Júlio Baptista (Sandro)
11 Nilmar
09 Adriano Imperador (Tardelli)
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Claudio Bravo ©
17 Gary Medel
18 Gonzalo Jara
03 Waldo Ponce
05 Rodrigo Millar (Isla)
06 Carlos Carmona
08 Arturo Vidal (Cereceda)
14 Matias Fernández
07 Alexis Sánchez [Expulso]
15 Jean Beausejour
09 Humberto Suazo (Valdivia)
Coach: Dunga Coach: Marcelo Bielsa
Go
Za
Mc
Mc
Mc
At
At
12 Víctor Bagy
13 Juan Silveira
14 Sandro, aos 22’/2º
15 Elano Blumer, aos 24’/2º
16 Diego Souza
17 Cleiton Xavier
18 Diego Tardelli, aos 22’/2º
Go
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
12 Miguel Pinto
04 Ismael Fuentes
02 Roberto Cereceda, no Intervalo
10 Jorge Valdivia, aos 22’/2º
11 Esteban Paredes
16 Mauricio Isla, aos 22’/2º
13 Fabian Orellana
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
2 x 1 2 x 1 4 x 2
# O Brasil já entrou em campo classificado para a copa, o Chile ainda tá na briga;
# Com esse resultado o Brasil manteve-se na liderança das eliminatporias;
# Felipe Melo foi expulso e está fora do próximo das eliminatórias;
# Estreante na Seleção Brasileira: Sandro, do Sport Club Internacional/RS;
# Bola Cheia do Jogo: Gilberto, Nilmar e Daniel Alves.
# Bola Murcha do Jogo: André Santos, Felipe Melo, Julio Baptista e Adriano;
# Brasil: Camisa Amarela, Calção Brancio e Meias Brancas (Nike).
# Chile: Camisa Vermelha, Calção Branco e Meias Pretas;
# Súmula da FIFA (Match Report): www.fifa.com/worldcup/russia2018/matches
# Convocação da Seleção Brasileira: jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com
# Assisti esse jogo, ao vivo, pela TV Verdes Mares, canal 10, afiliada da Globo;
Desempenho de Dunga na Seleção Brasileira
Dunga Jgs Vit Emp Der GP GC Saldo
Amistosos 21 16 3 2 43 15 28
Copa América 6 4 1 1 15 5 10
Eliminatórias da Copa 16 9 6 1 32 9 23
Seleção Olímpica 10 8 0 2 20 6 14
Copa das Confederações 5 5 0 0 14 5 9
Total 58 42 10 6 124 40 84
Dunga em 2006 6 5 1 0 14 3 11
Dunga em 2007 19 11 5 3 38 16 22
Dunga em 2008 20 14 3 3 38 11 27
Dunga em 2009 13 12 1 0 34 10 24
Classificação Geral das Eliminatórias Para a Copa do Mundo de 2010
Po Seleção P J V E D Po Seleção P J V E D
Brasil 33 16 9 6 1 Venezuela 21 16 6 3 7
Paraguai 30 16 9 3 4 Uruguai 21 16 5 6 5
Chile 27 16 8 3 5 Colômbia 20 16 5 5 6
Equador 23 16 6 5 5 Bolívia 12 16 3 3 10
Argentina 22 16 6 4 6 10º Peru 10 16 2 4 10
# Os 4 melhores classificam-se direto para a Copa do Mundo. O 5º vai pra repescagem.
# Brasil e Paraguai já estão, matematicamente, classificados para a copa do mundo;

.:: Galeria de Imagens ::.
Em pé: Julio Cesar, Miranda, Gilberto Silva, Adriano, Maicon, Luisão e Felipe Melo;
Agachados: André Santos, Julio Baptista, Nilmar e Daniel Alves;
Crédito: www.gazetapress.com/Fernando-Pilatos
Em pé: Gonzalo Jara, Claudio Bravo, Rodrigo Millar, Arturo Vidal, Carlos Carmona, Jean Beausejour e Waldo Ponce; Agachados: Gary Medel, Humberto Suazo, Matias Fernandez e Alexis Sanchez;
Crédito: www.gazetapress.com/Fernando-Pilatos
Estádio Municipal Roberto Santos, Pituaçu, com capacidade para 32.157 pessoas;
Crédito: www.impressaodigital126.com.br

.:: Os Times – The Teams – Las Equipos ::.
Brasil (Brazil) Chile
01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
11
12
13
14
15
16
17
18
Júlio César (Inter de Milão ITA)
Maicon (Inter de Milão ITA)
Miranda (São Paulo Futebol Clube)
Luisão (SL Benfica POR)
Felipe Melo (FC Juventus ITA)
André Santos (SK Fenerbahçe TUR)
Daniel Alves (FC Barcelona ESP)
Gilberto Silva (FC Pabathinaikos GRE)
Adriano (Clube de Regatas do Flamengo)
Júlio Baptista (AS Roma ITA)
Nilmar (CF Villarreal ESP)
Víctor (Grêmio FBPA)
Juan Silveira (AS Roma ITA)
Sandro (Sport Club Internacional)
Elano (SK Galatasaray TUR)
Diego Souza (S.E. Palmeiras)
Cleiton Xavier (S.E. Palmeiras)
Diego Tardelli (Clube Atlético Mineiro)
01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
11
12
13
14
15
16
17
18
Claudio Bravo (Real Sociedad ESP)
Roberto Cereceda (CSyD Colo-Colo)
Waldo Ponce (CA Vélez Sarsfield ARG)
Ismael Fuentes (Jaguares Chiapas MEX)
Rodrigo Millar (CSyD Colo-Colo)
Carlos Carmona (Reggina Calcio ITA)
Alexis Sánchez (Udinese Calcio ITA)
Arturo Vidal (Bayer Leverkusen ITA)
Humberto Suazo (CF Monterrey MEX)
Jorge Valdivia (FC Al Ain EAU)
Esteban Paredes (CSyD Colo-Colo)
Miguel Pinto (Universidad de Chile)
Fabian Orellana (CF Xerez ESP)
Matias Fernández (CP Sporting POR)
Jean Beausejour (CF América MEX)
Mauricio Isla (Udinese Calcio ITA)
Gary Medel (CA Boca Juniors ARG)
Gonzalo Jara (West Bromwich ING)
Carlos Caetano Bledorn Verry Marcelo Alberto Bielsa
# Lúcio, Ramires, Kaká e Luis Fabiano não jogaram contra o Chile porque estavam suspensos. Eles receberam o terceiro Cartão Amarelo contra a Argentina;
# André Dias, Cleiton Xavier, Diego Souza e Diego Tardelli foram convocados somente para o jogpo contra o Chile em substituição aos jogadores suspensos com o terceiro cartão amarelo;
# Robinho não jogou contra o Chile porque estava machucado;
# Convocação da Seleção Brasileira: jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Crônica do Jogo

Quem esperava que Adriano brilharia atuando no lugar do suspenso Luis Fabiano teve de bater palmas para Nilmar. Com três gols, o atacante do Villarreal-ESP garantiu a vitória do Brasil sobre o Chile por 4 a 2, nesta quarta-feira à noite, em Salvador, pelas eliminatórias da Copa de 2010. O ex-colorado atuou na vaga de Robinho, que se machucou contra a Argentina, sábado passado. O Imperador, após um primeiro tempo razoável, sumiu na etapa final. O Brasil jogou com um a menos desde os quatro minutos do segundo tempo, quando Felipe Melo foi expulso – o chileno Sanchez recebeu também o vermelho, só que aos 33, quando o placar já estava 4 a 2.

Para o Brasil, o resultado serviu apenas para confirmar sua hegemonia no futebol sul-americano. Já classificada para o Mundial da África do Sul, ano que vem, a seleção lidera as eliminatórias, com 33 pontos. O Chile ainda tem mais dois jogos para tentar sua vaga, e precisa de três pontos em seis que vai disputar.

O Chile começou o jogo abusado. Com uma formação ousada de três atacantes – Sanchez pela direita, Beausejour pela esquerda e Suazo centralizado – o time de Marcelo Bielsa se aproveitava de espaços entre a defesa e os volantes brasileiros, que iniciaram o jogo muito distantes. Nos cinco primeiros minutos, os chilenos rondaram perigosamente a área brasileira, sem, no entanto, conseguir arrematar a gol.

O problema é que eles cutucaram onça com vara curta. A partir do momento que a seleção brasileira colocou a bola no chão e conseguiu acertar uma sequência de, pelo menos, três passes certos, encontrou uma defesa chilena atrapalhada, mal posicionada, que não oferecia a menor resistência às investidas. O primeiro gol canarinho poderia ter saído aos 7, quando Luisão subiu mais alto que todo mundo e completou com uma cabeçada firme a cobrança de escanteio da esquerda. Matias Fernandez, sobre a linha, salvou.

O Brasil melhorou sua marcação, a defesa se adiantou, e o Chile, embora ainda conseguisse dominar a bola pelo meio, teve dificuldades de se aproximar da área. Passou, então a arriscar chutes de fora. O de Fernandez, aos 17, obrigou Julio César a espalmar, na primeira participação do goleiro brasileiro na partida.

A seleção de Dunga seguia apertando a defesa chilena. A rapidez de Nilmar, a força de Adriano e as chegadas constantes de Daniel Alves, que, para alegria dos baianos, foi titular no meio, na vaga de Elano, levavam a zaga adversária à loucura. Aos 31, Daniel acertou bom cruzamento da direita, Adriano e Nilmar foram na bola, mas ela acabou no pé esquerdo do ex-colorado, que acertou um chute firme, de primeira, estufando as redes.

O jogo estava franco. O Chile tentava atacar, e o Brasil respondia em cima. Aos 39, Matias Fernandez recebeu cruzamento de Sanchez e emendou um chute de direita. Julio César salvou. Na resposta, aos 40, a defesa chilena mostrou mais uma vez toda a sua fragilidade. O goleiro Bravo tentou sair jogando e deu um passe muito fraco para seus zagueiros Jara e Ponce. Nilmar roubou a bola e rolou para Daniel Alves, que tocou de primeira para Júlio Baptista. O camisa 10 vinha pelo meio e completou de pé direito, num chute colocado, rasteiro, no canto direito.

Mas o Chile não estava entregue, apesar dos gritos de olé da torcida brasileira. Se a defesa é fraca, o ataque é insinuante. Sanchez, mais ainda. Aos 44, como um autêntico ponta-direita, ele deixou André Santos na saudade, invadiu a área e foi derrubado por Felipe Mello. Pênalti que Suazo, aos 45, bateu firme, pelo alto, sem chances para Julio César.

Chile assusta, mas Nilmar resolve

Com o gol marcado no finzinho do primeiro tempo, os chilenos voltaram acesos para o segundo. Logo aos quatro minutos, o sempre perigoso Sanchez foi para cima de Felipe Melo, que apelou, deixou o pé e acertou o adversário. Acabou expulso, apesar dos protestos dos brasileiros, que consideraram o vermelho exagerado.

O fato é que, com um jogador a menos, ainda mais um volante, a defesa brasileira se escancarou. E aos sete, veio o empate. Matias Fernandez entrou pela esquerda e cruzou. Suazo entrou sozinho pelo meio da área e completou de primeira.

Tensão no ar. A seleção passou a errar passes. Daniel Alves, que fez um ótimo primeiro tempo, caiu demais. Nilmar e Adriano, isolados, não conseguiam dominar a bola. Aos 21, a torcida já começava a ensaiar vaias e a pedir mudanças na equipe. Dunga atendeu, colocando Sandro no lugar de Júlio Baptista. Diego Tardelli também entrou na vaga de Adriano, que sumiu. Elano substituiu André Santos.

Com as mudanças, o Brasil melhorou. Controlou novamente a posse de bola e houve maior aproximação dos meias com o ataque. Aos 29, no cruzamento da direita executado por Maicon, Nilmar ganhou pelo alto e cabeceou para o gol, balançando as redes. Aí, o Chile se entregou. Aos 31, Elano acertou lindo lançamento para Maicon, que entrou pela direita e chutou cruzado. Na sobra, Nilmar mais uma vez empurrou para o gol: 4 a 2.

Logo depois, o Chile passou a ficar também com dez. Sanchez, que já tinha o amarelo, acabou expulso por reclamação. Com o jogo ganho, a seleção apenas se limitou a controlar as tentativas chilenas. No fim, aplausos da torcida baiana. (Fonte: Globo Esporte)


.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.

Anúncios

Deixe um Comentário, uma opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: