Archive for the ‘Elencos Olímpicos’ Category

Elenco da Seleção Brasileira Masculina nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016

.:: Jogos Olímpicos de 2016 ::.
O torneio masculino de futebol nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro de 2016 ocorreu entre os dias 3 e 20 de agosto. As partidas serão realizadas em cinco estádios de cinco cidades espalhadas por várias regiões do Brasil. Um total de 16 equipes se classificaram para competir o evento, sendo divididas em quatro grupos de quatro equipes cada para a disputa da primeira fase. Duas seleções de cada grupo avançam à segunda fase, onde a disputa passará a ser eliminatória, compreendendo as quartas-de-final, semifinal e final.

O torneio olímpico de futebol masculino é disputado por jogadores até 23 anos, com a exceção de três sem limite de idade em cada equipe. No feminino, não há nenhuma restrição.

A Primeira Fase os 16 participantes são distribuídos em 4 grupos de quatro seleções cada. Todos os países se enfrentam, e os dois melhores de cada chave avançam para as Quartas de Final; Em caso de empate nas partidas do mata-mata, serão disputadas duas prorrogações de 15 minutos cada. Se a igualdade persistir, a decisão irá para os pênaltis. Nas semifinais os vencedores disputarão a Medalha de Ouro, e os perdedores a Medalha de Bronze. (Fonte: wikipedia.org)

.:: Brasil, Medalha de Ouro ::.
Em pé: Uilson, Luan Garcia, Rafinha, Renato Augusto, Thiago Maia, Marquinhos, Rodrigo Caio, Walace, Gabriel Jesus e Weverton; Agachados: Rodrigo Dourado, William, Neymar, Douglas Santos, Felipe Ânderson, Luan, Gabriel Barbosa e Zeca;
Crédit: www.zimbio.com/Martin-Bernetti/AFP
Elenco da Seleção Brasileira
Atleta Alcunha Clube J G P
Go 01 Weverton Pereira da Silva Weverton Atlético Paranaense 6 1 1
Go 18 Uilson Pedruzzi de Oliveira Uilson Atlético Mineiro 0 0 1
Ld 02 José Carlos Cracco Neto Zeca FC Santos SP 6 0 1
Ld 13 William de Asevedo Furtado William SC Internacional RS 3 0 1
Za 03 Rodrigo Caio Coquette Russo Rodrigo Caio FC São Paulo SP 6 0 1
Za 04 Marcos Aoás Corrêa Marquinhos Paris st. Germain FRA 6 1 1
Za 14 Luan Garcia Teixeira Luan Garcia CR Vasco da Gama 3 0 1
Le 06 Douglas dos Santos Justino de Melo Douglas Santos Atlético Mineiro 6 0 1
Mc 05 Renato Soares de Oliveira Augusto Renato Augusto FC Beijing Guoan CHN 6 0 1
Mc 08 Rafael Alcântara do Nascimentor Rafinha FC Barcelona ESP 6 0 1
Mc 12 Walace Souza Silva Walace Souza FBPA Grêmio RS 5 0 1
Mc 15 Rodrigo Dourado Cunha Rodrigo Dourado SC Internacional RS 1 0 1
Mc 16 Thiago Maia Alencar Thiago Maia FC Santos SP 3 0 1
Mc 17 Felipe Ânderson Pereira Gome Felipe Ânderson SS Lazio ITA 6 0 1
At 07 Luan Guilherme de Jesus Vieira Luan Vieira FBPA Grêmio RS 6 3 1
At 09 Gabriel Barbosa Almeida Gabriel Barbosa FC Santos SP 6 2 1
At 10 Neymar da Silva Santos Júnior Neymar FC Barcelona ESP 6 4 2
At 11 Gabriel Fernando de Jesus Gabriel Jesus SE Palmeiras SP 6 3 1
Coach: Mário Rogério Reis Micale Rogério Micale Confederação Brasileira Futebol
# Neymar é o único remanescente dos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012;
# Tabela do Torneio Masculino: www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com/tabela

.:: Campanha do Brasil ::.
Primeira Fase – Grupo A – Primeira Rodada
Quinta-Feira, 4 de Agosto, 16:00 hs – Estádio Mané Garrincha, em Brasília/DF – 69.389
Brasil u23 0 x 0 África do Sul u23
Jogo 4
Jogos da Seleção
Primeira Fase – Grupo A – Segunda Rodada
Domingo, 7 de Agosto, 22:00 hs – Estádio Mané Garrincha, em Brasília/DF – 65.829
Brasil u23 0 x 0 Iraque u23
Jogo 5
Jogos da Seleção
Primeira Fase – Grupo A -Terceira Rodada
Quarta-Feira, 10 de Agosto, 22:00 hs – Arena Fonte Nova, em Salvador/BA – 41.067
Dinamarca u23 0 x 4 Brasil u23
Jogo 6 Gabriel Barbosa, 25′
Gabriel Jesus, 39′
Luan Vieira, 49′
Gabriel Barbosa, 79′
Jogos da Seleção
Quartas de Final
Sábado, 13 de Agosto, 22:00 hs – Arena Corinthians “Itaquerão”, em São Paulo/SP – 41.560
Brasil u23 2 x 0 Colômbia u23
Neymar, 11′ (Falta)
Luan Vieira, 82′
Jogo 7
Jogos da Seleção
Semifinal
Quarta-Feira, 17 de Agosto, 13:00 hs – Arena do Maracanã, no Rio de Janeiro/RJ – 52.457
Brasil u23 6 x 0 Honduras u23
Neymar, 15″seg
Gabriel Jesus, 26′
Gabriel Jesus, 35′
Marquinhos, 50′
Luan Vieira, 79′
Neymar, 90′ (pen)
Jogo 8
Jogos da Seleção
Final
Sábado, 20 de Agosto, 17:30 hs – Arena do Maracanã, no Rio de Janeiro/RJ – 63.707
Brasil u23 1 x 1 Alemanha u23
Neymar, 26′ (Falta)
Pênaltis
Renato Augusto (Fez)
Marquinhos (Fez)
Rafinha (Fez)
Luan Vieira (Fez)
Neymar (Fez)
Jogo 9
PEN
1 x 1
2 x 2
3 x 3
4 x 4
5 x 4
Max Meyer, 59′
Pênaltis
Mathias Ginter (Fez)
Serge Gnabry (Fez)
Julian Brandt (Fez)
Niklas Süle (Fez)
Nils Petersen (Perdeu)
# Para acessar as escalações das equipes clique na palavra JOGO;
Ano Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Pró Gols Contra Saldo
Campanha 6 4 2 0 13 1 12
.:: Os Medalhistas de Ouro ::.

.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.

Elenco da Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos de 2012


Lodres 2012 – Futebol – Homens

O futebol nos Jogos Olímpicos de Verão de 2012 foi realizado em Londres e em diversas outras cidades da Grã-Bretanha no período de 25 de julho a 11 de agosto. As finais de ambos torneios (masculino e feminino) foram no Estádio de Wembley. Associações afiliadas com a Federação Internacional de Futebol (FIFA) participaram de torneios classificatórios continentais e as qualificadas asseguraram o direito de enviar suas seleções femininas e masculinas sub-23 para participar. No torneio masculino é permitido a inclusão de três jogadores com idade acima de 23 anos, a critério de cada seleção. O torneio de futebol distribuiu um total de seis medalhas.1

O formato atual, que aplicado desde os Jogos Olímpicos de Verão de 2008, os homens competiram em um torneio de 16 equipes e as mulheres em um torneio de 12 equipes. Devido a este formato de torneio, as preliminares começaram dois dias antes da Cerimônia de Abertura, em 27 de agosto. A final do torneio feminino foi entre Japão x Estados Unidos, com vitória da seleção dos Estados Unidos, e a final do torneio masculino de futebol nas Olimpíadas de 2012 foi entre Brasil x México, com a medalha de Ouro para a seleção mexicana,com o placar de 2 a 1, mantendo a Seleção Brasileira sem o inédito título Olímpico no futebol masculino.

O Torneio Masculino

O torneio masculino de futebol nos Jogos Olímpicos de Verão de 2012 ocorreu entre 26 de julho e 11 de agosto. As partidas foram realizadas em seis estádios de seis cidades espalhadas por várias regiões da Grã-Bretanha.

Um total de 16 equipes classificou-se para competir no evento sendo divididas em quatro grupos de quatro equipes cada para a disputa da primeira fase. Duas seleções de cada grupo avançarão a segunda fase, onde a disputa passa a ser eliminatória (quartas-de-final, semifinal e final).

A final foi disputada entre Brasil e México, que venceu por 2 a 1, conquistando o seu primeiro ouro. Essa foi a terceira medalha de prata do futebol masculino do Brasil na história dos Jogos Olímpicos, repetindo o êxito das edições de Los Angeles 1984 e Seul 1988. (Fonte: wikipedia.org)

Grupo A Grupo B Grupo C Grupo D
Emirados Árabes
Grã-Bretanha
Senegal
Uruguai
Coréi do Sul
Gabão
México
Suiça
Brasil
Bieloríssia
Egito
Nova Zelândia
Espanha
Honduras
Japão
Marrocos

.:: Brasil, Medalha de Prata ::.

Umas das Formações da Seleção Brasileira no Jogos Olímpicos de Londres
Em pé: Neto, Sandro, Juan Nunes, Rômulo, Leandro Damião e Thiago Silva;
Agachados: Gabriel Silva, Marcelo, Oscar, Neymar Júnior e Hulk.
Crédito: www.tomdebola.blogspot.com.br
Elenco da Seleção Brasileira Sub-23
Atleta Alcunha Clube J G
01 GO Gabriel Vasconcellos Ferreira Gabriel AC Milan (ITA)
02 LD Rafael Pereira da Silva Rafael Silva Manchester United (ING)
03 ZA Thiago Emiliano da Silva Thiago Silva Paris st.Germain (FRA)
04 ZA Juan Guilherme Nunes Jesus Juan Nunes FC Internazionale (ITA)
05 MV Sandro Ranieri Guimarães Cordeiro Sandro Tottenham FC (ING)
06 LE Marcelo Vieira da Silva Júnior Marcelo Real Madrid CF (ESP)
07 AT Lucas Rodrigues Moura da Silva Lucas Moura FC São Paulo/SP (BRA)
08 MV Rômulo Borges Monteiro Rômulo CR Vasco/RJ (BRA)
09 AT Leandro Damião da Silva dos Santos Leandro Damião Internacional/RS (BRA)
10 MA Oscar dos Santos Emboaba Jr Oscar Chelsea FC (ING)
11 AT Neymar da Silva Santos Júnior Neymar Júnior FC Santos/SP (BRA)
12 AT Givanildo Vieira de Souza Hulk FC Porto (POR)
13 ZA Bruno Uvini Bortolança Bruno Uvini FC São Paulo/SP (BRA)
14 LD Danilo Luiz da Silva Danilo FC Santos/SP (BRA)
15 LE Alex Sandro Lobo Silva Alex Sandro FC Porto (POR)
16 MA Paulo Henrique de Chagas Lima Ganso FC Santos/SP (BRA)
17 AT Alexandre Rodrigues da Silva Alexandre Pato AC Milan (ITA)
18 GO Norberto Murara Neto Neto AC Fiorentina (ITA)
Técnico Luis Antônio Wenker de Menezes Mano Menezes Confederação Brasileira Futebol
# Jogadores acima de 23 anos: Thiago Silva, Marcelo e Hulk.

.:: Campanha do Brasil ::.

Primeira Fase – Grupo C – 1ª Rodada
26 de Julho – Millenium Stadium, em Cardiff – 26.812 pag
Brasil 3 x 2 Egito
Rafael Silva, aos 15′/1º
Leandro Damião, aos 25′/1º
Neymar (cabeça), aos 29′/1º
Jogo 1 Mohamed Aboutrika, aos 6′/2º
Mohamed Salah, aos 30′/2º
Primeira Fase – Grupo C – 2ª Rodada
29 de Julho – Old Trafford, em Manchester – 66.212 pag
Brasil 3 x 1 Bielorússia
Alexandre Pato (cab), aos 14′/1º
Neymar (Falta). aos 20′/2º
Oscar. aos 48′/2º
Jogo 2 Renan Bressan (cab) 8′/1ºº
Primeira Fase – Grupo C – 3ª Rodada
1 de Agosto – Saint James’ Park, em Newcastle – 25,201 pag
Brasil 3 x 0 Nova Zelândia
Danilo, aos 23′/1º
Leandro Damião, aos 29/1º
Sandro, 6′/2º
Jogo 3
# Para acessar as escalações das equipes, por favor, clique na palavra JOGO.
Tabela de Classificação do Grupo do Brasil
Times Pts Jgs Vit Emp Der GP GC S
• Brasil (Mano Menezes) 9 3 3 0 0 9 3 6
• Egito (Hany Ramzy) 4 3 1 1 1 6 5 1
• Bielorússia (Heorhiy Kandratsyev) 3 3 1 0 2 3 6 -3
• Nova Zelândia (Neil Emblem) 1 3 0 1 2 1 5 -4
– Classificados: Brasil e Egito.
Quartas de Final
4 de Agosto – Saint James’ Park, em Newcastle – 42.166 pag
Brasil 3 x 2 Honduras
Leandro Damião, aos 37′/1º
Neymar (pen), aos 5′/2º
Leandro Damião, aos 15′/2º
Jogo 4 Mario Martínez, aos 12′/1º
Roger Espinoza, aos 3′/2º
Semi-Final
7 de Agosto – Old Trafford, em Manchester – 69.389 pag
Brasil 3 x 0 Coréia do Sul
Rômulo, aos 37′/1º
Leandro Damião, aos 11′/2º
Leandro Damião, aos 18′/2º
Jogo 5
Final
11 de Agosto – New Wembley, em Londres – 86.162 pag
Brasil 1 x 2 México
Hulk, aos 45′/2º Jogo 6 Oribe Peralta, aos 28″seg/1º
Oribe Peralta (cab), aos 29′/2º
# Para acessar as escalações das equipes, por favor, clique na palavra JOGO.

Elenco da Seleção Brasileira Feminina nos Jogos Olímpicos de 2012


Lodres 2012 – Futebol – Mulheres

O futebol nos Jogos Olímpicos de Verão de 2012 foi realizado em Londres e em diversas outras cidades da Grã-Bretanha no período de 25 de julho a 11 de agosto. As finais de ambos torneios (masculino e feminino) foram no Estádio de Wembley. Associações afiliadas com a Federação Internacional de Futebol (FIFA) participaram de torneios classificatórios continentais e as qualificadas asseguraram o direito de enviar suas seleções femininas e masculinas sub-23 para participar. No torneio masculino é permitido a inclusão de três jogadores com idade acima de 23 anos, a critério de cada seleção. O torneio de futebol distribuiu um total de seis medalhas.1

O formato atual, que aplicado desde os Jogos Olímpicos de Verão de 2008, os homens competiram em um torneio de 16 equipes e as mulheres em um torneio de 12 equipes. Devido a este formato de torneio, as preliminares começaram dois dias antes da Cerimônia de Abertura, em 27 de agosto. A final do torneio feminino foi entre Japão x Estados Unidos, com vitória da seleção dos Estados Unidos, e a final do torneio masculino de futebol nas Olimpíadas de 2012 foi entre Brasil x México, com a medalha de Ouro para a seleção mexicana,com o placar de 2 a 1, mantendo a Seleção Brasileira sem o inédito título Olímpico no futebol masculino.

Torneio Feminino:

O torneiro feminino de futebol nos Jogos Olímpicos de Verão de 2012 foi realizado entre 25 de julho e 9 de agosto de 2012 em Londres e em outras cinco cidades do Reino Unido (Cardiff, Coventry, Glasgow, Manchester e Newcastle). Doze seleções participam do evento (Grupo F: Brasil, Camatões, Grã-Brenabga e Nova Zelândia; Grupo F: África do Sul, Canadá, Japão e Suécia; Grupo G: Colômbia, Coréia do Norte, Estados Unidos e França), sendo divididas em três grupos de quatro equipes cada para a disputa da primeira fase. As duas melhores seleções de cada grupo mais as duas melhores terceiro colocadas avançam à segunda fase, com disputa eliminatória (quartas-de-final, semifinal e final). As duas finalistas disputam a medalha de ouro, enquanto que as perdedoras das semifinais enfrentam-se para decidir a medalha de bronze. (Fonte: wikipedia.org)


.:: Brasil, Medalha de Prata ::.

Umas das Formações da Seleção Brasileira no Jogos Olímpicos de Londres
Em pé: BRUNA, FRANCIELLE, ÉRIKA, ANDRÉIA, FORMIGA E RENATA COSTA;
Agachados: THAÍS GUEDES, ÉSTER, MARTA, FABIANA E MAURINE.
Crédito: www.claudia.abril.com.br/
Confederaçõa Brasileira de Futebol – CBF
Atleta Idade Po Clube
01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
11
12
13
14
15
16
17
18
ANDRÉIA Suntaque
FABIANA da Silva Simões
DAIANE Menezes Rodrigues
ALINE Pellegrino
ÉRIKA Cristiano dos Santos
MAURINE Dornelles Gonçalves
ESTÉR Aparecida dos Santos
Miraildes Maciel Mota “FORMIGA”
THAIS Duarte Guedes
MARTA Vieira da Silva (cap)
CRISTIANE Rozeira de Souza Silva
ROSANA dos Santos Augusto
FRANCIELLE Manoel Alberto
BRUNA Beatriz Benites Soares
DANIELLE Pereira da Silva
RENATA Aparecida da COSTA
GRAZIELLE Pinheiro Nascimento
BÁRBARA Micheline do Monte
14/09/1977
04/08/1989
15/04/1983
06/07/1982
04/02/1988
14/01/1986
09/12/1982
03/03/1978
20/01/1993
19/02/1986
15/05/1985
07/07/1982
18/10/1989
16/10/1985
21/01/1987
08/07/1986
28/03/1981
04/07/1988
GO
AT
DF
DF
DF
AT
MC
MC
AT
AT
AT
MC
MC
MC
MC
DF
DF
GO
CD Juventus/SP (BRA)
WFC Rossiyanka (RUS)
São José/SP (BRA)
WFC Rossiyanka (RUS)
Centro Olimpico/SP (BRA)
Centro Olimpico/SP (BRA)
WFC Rossiyanka (RUS)
São José/SP (BRA)
Vitoria das Tabocas/PE (BRA)
Tyreso FF (SUE)
WFC Rossiyanka (RUS)
Centro OlimpicoSP (BRA)
São José/SP (BRA)
Foz Cataratas/PR (BRA)
São José/SP (BRA)
Foz Cataratas/PR (BRA)
Portuguesa-Desp/SP (BRA)
Foz Cataratas/PR (BRA)
Jorge Barcellos TC Brasil (BRA)
# Média Idade: 26,89 – Média Altura: 166 cm – Média Peso: 59 Kg
# Elencos: www.fifa.com/womensolympic/teams/squadlist/brazil
# Página da FIFA: www.fifa.com/womensolympic/teams/brazil


.:: Campanha do Brasil ::.

Primeira Fase – Grupo E – 1ª Rodada
25 de Julho – Millenium Stadium, em Cardiff – 30.847 pag
Brasil 5 x 0 Camarões
Francielle (Falta), aos 6′/1º
Renata Costa (cab), aos 9′/1º
Marta (pen), aos 26′/2º
Cristiane, aos 33′/2º
Marta, aos 42′/2º
Jogo 1
Primeira Fase – Grupo E – 2ª Rodada
28 de Julho – Millenium Stadium, em Cardiff – 30.103 pag
Brasil 1 x 0 Nova Zelândia
Cristiane, aos 40′/2º Jogo 2
Primeira Fase – Grupo E – 3ª Rodada
31 de Julho – New Wembley, em Londres – 70,584 pag
Grã-Bretanha 1 x 0 Brasil
Stephanie Houghton, aos 2/1º Jogo 3
# Para acessar as escalações das equipes, por favor, clique na palavra JOGO.
Classificação Geral do Grupo do Brasil
Seleções P J V E D GP GC S
• Grã-Bretanha (Hope Powell) 9 3 3 0 0 5 0 5
• Brasil (Jorge Barcellos) 6 3 2 0 1 6 1 5
• Nova Zelândia (Tony Readings) 0 2 0 0 2 0 4 -4
• Camarões (Carl Enow) 0 2 0 0 2 0 9 -9
# Classificados: Brasil e Grã-Bretanha.
Quartas de Final
3 de Agosto – Millennium Stadium, em Cardiff – 28,528 pag
Brasil 0 x 2 Japão
Jogo 4 Yuki Ogimi, aos 26/1º
Shinobu Ohno, aos 27/2º
# Para acessar as escalações das equipes, por favor, clique na palavra JOGO.

Elenco da Seleção Brasileira nos Jogos Olimpicos de 2008 em Pequim

.:: Jogos Olímpicos, Pequim 2008 ::.
Games of the XXIX Olympiad – 2008 Summer Olympic Games

O Torneio Masculino de Futebol nos Jogos Olímpicos de Pequim de 2008 foi disputado entre 7 e 23 de agosto. As partidas foram realizadas em seis estádios de cinco cidades chinesas.

Um total de 16 equipes classificaram-se para competir no evento sendo divididas em quatro grupos de quatro equipes cada para a disputa da primeira fase. Duas seleções de cada grupo avançaram a segunda fase, onde a disputa passou a ser eliminatória (quartas-de-final, semifinal e final). Os dois finalistas disputaram a medalha de ouro enquanto que os perdedores das semifinais se enfrentaram para decidir a medalha de bronze.

A Argentina conquistou o bicampeonato olímpico ao vencer a Nigéria na decisão por 1 a 0, dando o troco na seleção africana que havia vencido os Jogos de 1996 justamente sobre os argentinos. Na disputa pelo bronze, o Brasil superou a Bélgica por 3 a 0 e segue sem a medalha de ouro olímpica mesmo sendo a seleção com mais títulos mundiais. (Fonte: wikipedia.org)

Grupo A Grupo B Grupo C Grupo D
Argentina (1º)
Costa do Marfim (6º)
Austrália (11º)
Sérvia (12º)
Nigéria (2º)
Holanda (7º)
Estados Unidos (9º)
Japão (15º)
Brasil (3º)
Bélgica (4º)
China (13º)
Nova Zelândia (14º)
Itália (5º)
Camarões (8º)
Coréia do Sul (10º)
Honduras (16º)

.:: Os Medalhistas de Bronze ::.

Elenco da Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008
Em pé: Ânderson, Alex Silva, Jô, Breno, Lucas Leiva, Ramires, Ronaldinho Gaúcho, Thiago Silva, Renan e Diego Alves: Agachados: Hernanes, Diego, Rafinha, Marcelo, Rafael Sobis, Ilsinho, Alexandre Pato e Thiago Neves. Técnico Dunga (by Rodolfo Buhrer/Getty Images)
Foto: fifa.com/Rodolfo-Buhrer/Getty-Images
Seleção Brasileira – Brazil National Football Team
Nome Completo Clube Jogos Gols
01 GO DIEGO ALVES Carreira UD Almeria (ESP) 0 0
02 LD Márcio Rafael Ferreira de Souza “RAFINHA” Schalke 04 (ALE) 6 0
03 ZA ALEX Sandro da SILVA São Paulo/SP (BRA) 5 0
04 ZA THIAGO Emiliano da SILVA Fluminense/RJ (BRA) 2 0
05 MV Ânderson HERNANES C. Viana Lima São Paulo/SP (BRA) 5 1
06 LE MARCELO Vieira da Silva Júnior Real Madrid (ESP) 6 1
07 MV ÂNDERSON Luis de Abreu Oliveira Manchester Utd (ING) 5 1
08 MV LUCAS Pezzini LEIVA Liverpool (ING) 5 0
09 AT ALEXANDRE Rodrigues da Silva “PATO” AC Milan (ITA) 4 1
10 MA Ronaldo de Assis Moreira “RONALDINHO” AC Milan (ITA) 6 2
11 MV RAMIRES Santos do Nascimento Cruzeiro/MG (BRA) 4 0
12 GO RENAN BRITO Soares Internacional/RS (BRA) 6 3
13 ZA Ilson Pereira Dias Junior “ILSINHO” Shakhtar Donetsk (UCR) 2 0
14 ZA BRENO Vinicius Rodrigues Borges Bayern Munich (ALE) 6 0
15 MA DIEGO Ribas da Cunha Werder Bremen (BRA) 6 2
16 MV THIAGO NEVES Augusto Fluminense/RJ (BRA) 5 2
17 AT RAFAEL Augusto SÓBIS do Nascimento Real Betis (ESP) 5 2
18 AT João Alves de Assis Silva “JÔ” Manchester City (ING) 4 2
Coach: Carlos Caetano Bledorn Verri Dunga 6 Jogos
# O técnico Dunga não chamou nenhum atleta acima de 23 anos.
# Fonte: Site Oficial da FIFA: www.fifa.com/olympic-tournaments

.:: Campanha ::.

Quinta-Feira, 7 de Agosto de 2008 – 6:00 hs – Grupo C – 1ª Rodada
Shenyang Olympic Sports Center, em Shenyang (China) – 39,661 pag
Brasil 1 x 0 Bélgica
Hernanes, aos 34′/2º FICHA
Domingo, 10 de Agosto de 2008 – 6:00 hs – Grupo C – 2ª Rodada
Shenyang Olympic Sports Center, em Shenyang (China) – 44.951 pag
Brasil 5 x 0 Nova Zelândia
Ânderson (cab), aos 3′/1º
Alexandre Pato (cab), ais 34′/1º
Ronaldinho (Falta), aos 10′/2º
Ronaldinho (pen), aos 15′/2º
Rafael Sóbis, aos 47′/2º
FICHA
Quarta-Feira, 13 de Agosto de 2008, as 8:45 hs – Grupo C – 3ª Rodada
Qinhuangdao Olympic Sports Center, em Qinhuangdao (China) – 31.984 pag
China 0 x 3 Brasil
FICHA Diego, aos 17′/1º
Thiago Neves (Falta), aos 23′/2º
3-0 Thiago Neves, aos 27′/2º
Sábado, 16 de Agosto de 2008 às 7:00 hs – Quartas de Final
Shenyang Olympic Sports Center, em Shenyang (China) – 41.043 pag
Brasil 2 x 0 Camarões
Rafael Sóbis, aos 10′/1º/Pror
Marcelo, aos 14′/1º/Pror
FICHA
Terça-Feira, 19 de Agosto de 2008 ás 10:00 hs – Semifinal
Workers Stadium “Trabalhadores”, em Beijin (China) – 52.968 pag
Brasil 0 x 3 Argentina
FICHA Sergio Agüero, aos 6′/2º
Sergio Agüero, aos 12′/2º
Juan Riquelme (pen), aos 30′/2º
Sexta-Feira, 22 de Agosto de 2008, as 8:00 hs – Disputa do 3º Lugar
Shanghai Stadium, em Shanghai (China) – 50.705 pag
Brasil 3 x 0 Bélgica
Diego, aos 26′/1º
Jô (Cabeça), aos 26′/2º
Jô, aos 47′/2º tempo
FICHA

Elenco da Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos de Atlanta em 1996

.:: Jogos Olímpicos, Atlanta 1996 ::.
Foto: www.ahebrasil.com.br
O torneio de futebol nos Jogos Olímpicos de Verão de 1996 foi realizado entre 20 de julho e 3 de agosto de 1996 nos Estados Unidos. As partidas foram realizadas em Birmingham, Washington, D.C., Orlando, Miami e Athens. Pela primeira vez o torneio feminino foi disputado.
Grupo A Grupo B Grupo C Grupo D
Argentina Arábia Saudita Coréia do Sul Brasil
Estados Unidos Austrália Gana Hungria
Portugal Espanha Itália Japão
Tunísia França México Nigéria
A Nigéria ficou com a Medalha de Ouro, a Argentina a de Prata e o Brasil com a de Bronze.

.:: Elenco do Brasil ::.

Os Medalhistas de Bronze nos Jogos Olímpicos de 1996 em Atlanta.
Em pé: Sávio, Zé Elias, André Luis, Dida, Danrlei, Rivaldo, Ronaldo, Guiaro, Narciso, Aldair e Ronaldo “Fenômeno”; Sentados: Luizão, Marcelinho Paulista, Juninho Paulista, Roberto Carlos, Amaral, Flávio Conceição, Bebeto e Zé Maria. Treinador: Zagallo;
Crédito: wsports.com.br/brasil-medalha-de-bronze
Seleção Brasileira – Brazil National Football Team
Nome Alcunha Clube J G
01 GO Nélson de Jesus Silva Dida EC Cruzeiro/MG (BRA) 6 7
02 LD José Marcelo Ferreira Zé Maria CR Flamengo/RJ (BRA) 6 0
03 ZA Aldair Nascimento dos Santos Aldair AS Roma (ITA) 6 0
04 ZA Ronaldo Guiaro Ronaldo Guiaro Atlético/MG (BRA) 6 0
05 MV Flávio da Conceição Flávio Conceição SE Palmeiras/SP (BRA) 6 2
06 LE Roberto Carlos da Silva Rocha Roberto Carlos Internazionale (ITA) 6 0
07 AT José Roberto Gama de Oliveira Bebeto Dep. La Coruña (ESP) 6 6
08 MV Alexandre da Silva Mariano Amaral Parma FC (ITA) 6 0
09 MC Osvaldo Giroldo Júnior Juninho SP Middlesbrough (ING) 6 1
10 MC Rivaldo Vítor Borba Ferreira Rivaldo SE Palmeiras/SP (BRA) 5 0
11 AT Sávio Bortolini Pimentel Sávio CR Flamengo/RJ (BRA) 4 0
12 GO Danrlei de Deus Hinterholz Danrlei Grêmio FBPA/RS (BRA) 0 0
13 ZA Narciso dos Santos Narciso Santos FC/SP (BRA) 1 0
14 LE André Luis Moreiro André Luis São Paulo FC/SP (BRA) 1 0
15 MV José Elias Moedim Júnior Zé Elias SC Corinthians/SP (BRA) 6 0
16 MV Marcelo José de Souza Marcelinho SP SC Corinthians/SP (BRA) 1 0
17 AT Luiz Bombonato Goulart Luizão SE Palmeiras/SP (BRA) 1 0
18 AT Ronaldo Luís Nazário de Lima Ronaldo PSV Eindhoven (HOL) 6 5
Coach: Mário Jorge Lobo Zagallo Zagallo 6 Jogos
# Jogadores Acima de 23 anos: Aldair, Bebeto e Rivaldo.
# Bebeto foi o artilheiro da competição junto com Crespo/ARG com 6 gols marcados.
# Fonte: Site Oficial da FIFA: www.fifa.com/olympic-tournaments

.:: Campanha Brasileira ::.

Primeira Fase
21.07.1996 – Estádio Orange Bowl, em Miami, Florida – 46.724 pag
Japão 1 x 0 Brasil
Teruyoshi Ito, 71′ Súmula
23.07.1996 – Estádio Orange Bowl, em Miami, Florida – 34.871 pag
Brasil 3 x 1 Hungria
Ronaldo, 34′
Juninho Paulista, 60′
Bebeto, 83′
Súmula Csaba Madar, 57′
25.07.1996 – Estádio Orange Bowl, em Miami, Florida – 55.650 pag
Brasil 1 x 0 Nigéria
Ronaldo, 29′ Súmula
Quartas de Final
28.07.1996 – Estádio Orange Bowl, em Miami, Florida – 45.257 pag
Brasil 4 x 2 Gana
Afo Duodu, 17′ (contra)
Ronaldo, 55′
Ronaldo, 61′
Bebeto, 71′
Súmula Charles Akonnor, aos 22′/1º
Felix Aboagye, aos 7′/2º
Semifinal
31.07.1996 – Sanford Stadium, em Athens, Georgia – 78.587 pag
Nigéria 4 x 3 Brasil
Roberto Carlos, 19′ (ctr)
Victor Ikpeba, 77′
Nwankwo Kanu, 89′
Nwankwo Kanu, 93′ (gg)
Súmula Flavio Conceição, 1′
Bebeto, 27′
Flavio Conceição, 37′
Disputa da Medalha de Bronze
02.08.1996 – Sanford Stadium, em Athens, Georgia – 68.173 pag
Brasil 5 x 0 Portugal
Ronaldo, 4′
Flávio Conceição, 10′
Bebeto, 47′
Bebeto, 53′ (pen)
Bebeto, 74′
Súmula

Elenco da Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos de Seul 1988

Games of the XXIV Olympiad – 1988 Summer Olympics

.:: Jogos Olímpicos, Seul 1988 ::.

O Torneio de Futebol nos Jogos Olímpicos de Verão de 1988 foi realizado em Seul, na Coréia do Sul, e em outras quatro cidades (Busan, Daegu, Daejeon e Gwangju). A União Soviética ficou com a medalha de outo, o Brasil com a medalha de prata e a Alemanha Ocidental com a medalha de bronze. O atacante brasileiro Romário foi o artilheiro da competição com 7 gols marcados. (Fonte: wikipedia.org)


A medalha de prata em Los Angeles ’84 – história do post anterior – surpreendeu os próprios brasileiros e forçou os dirigentes a abrirem os olhos: se com um time formado de última hora, com jogadores com pouca ou nenhuma experiência de seleção, e sem a colaboração da maioria dos grandes clubes foi possível chegar à final, por que não dedicar um mínimo de planejamento ao time olímpico para chegar a Seul não como azarão, mas com chances reais de ouro? Foi assim que formamos talvez a nossa melhor seleção olímpica de todos os tempos.

Depois da eliminação na Copa de 86, no México, e da saída definitiva de Telê Santana, a CBF anunciou Carlos Alberto Silva para o comando da Seleção. Mineiro como Telê, o novo treinador havia feito boa campanha com o Cruzeiro no Brasileiro daquele ano, resgatando o time celeste da má fase permanente em que esteve na primeira metade da década. E agora tinha a missão de renovar a Seleção, depois da aposentadoria da geração de Falcão, Sócrates, Júnior e Zico. Assim, a formação da seleção olímpica veio naturalmente, ‘casando’ com os critérios do COI e da Fifa de então.

O começo foi complicado: no Pré-Olímpico de Santa Cruz de la Sierra (Bolívia), em abril e maio de 1987, o Brasil só avançou à fase final em segundo lugar no grupo, eliminando Uruguai e Paraguai no saldo de gols após um tríplice empate. No quadrangular decisivo, que apontaria as duas seleções que iriam a Seul, o time de Carlos Alberto Silva estreou perdendo para a Argentina. Depois, contra a Colômbia, saiu perdendo, mas virou e venceu por 2 a 1. Na última rodada, bateu a Bolívia pelo mesmo placar e se classificou – em primeiro lugar, graças aos tropeços dos ‘hermanos’.

Em meados de 1988, o treinador já tinha o time quase definido, após várias experiências. Trazia revelações da Copa União do ano anterior – como o goleiro Taffarel e o zagueiro Aloísio (Inter), o meia Milton (Coritiba) e o meia-atacante Careca (Cruzeiro) -; jogadores um pouco mais rodados e em alta naquele momento (alguns já com experiência de Seleção) – como o zagueiro Ricardo Gomes (Fluminense), o lateral Jorginho e o meia-atacante Bebeto (ambos Flamengo), o meia Neto (Guarani) e os pontas Valdo (Grêmio) e João Paulo (Guarani) -; e alguns já quase veteranos, como o volante Andrade (Flamengo), o meia Geovani (Vasco), o atacante Edmar (Corinthians) e dois remanescentes de Los Angeles: o lateral-direito Luis Carlos Winck (Inter), e o volante Ademir (agora no Cruzeiro). E havia Romário, aos 22 anos, infernizando adversários, fosse com a camisa do Vasco ou com a amarelinha. Um timaço.

Como preparação, o time disputou o Torneio Bicentenário da Independência da Austrália, contra a seleção da casa, a eterna rival Argentina e a Arábia Saudita, e sagrou-se campeão ao derrotar os australianos na decisão por 2 a 0. Depois, passou pela Europa, onde empatou com a Noruega em Oslo (1 a 1), com a Suécia em Estocolmo (1 a 1) e bateu a Áustria em Viena (2 a 0, com um gol antológico de Andrade). E em setembro, a caminho de Seul, ainda deu tempo de passar novamente por Los Angeles e levantar a extra-oficial Copa das Nações, vencendo a seleção olímpica argentina, nos pênaltis, e o América do México por 3 a 0 (três de Romário) na decisão.

Mesmo assim, havia problemas pelo caminho: o lateral-esquerdo Nelsinho, do São Paulo, fraturou o dedão do pé direito e teve de ser cortado às vésperas da estreia. Para seu lugar, veio Mazinho, do Vasco. Andrade, que acabara de trocar o Flamengo pela Roma, só pôde se apresentar dois dias antes do primeiro jogo, e mesmo assim, lesionado. Mas quando o Benfica venceu uma queda de braço com a CBF e anunciou que não liberaria seus recém-contratados Ricardo Gomes e Valdo, não houve o que fazer a não ser lamentar as baicas;

No dia 18 de setembro, enfim, a estreia contra a Nigéria, do atacante Rashidi Yekini. Em jogo duro no primeiro tempo, a goleada brasileira por 4 a 0 só começou a se desenhar aos 14 minutos da etapa final, com Edmar. Depois, Romário marcou duas vezes, e Bebeto completou nos últimos minutos. No dia 20, teríamos de novo a Austrália pela frente: vitória fácil por 3 a 0, três do Baixinho. Três que poderiam ter sido quatro: o atacante converteu um pênalti sofrido por ele mesmo, mas o árbitro mandou voltar a cobrança por invasão. E, desta vez, o goleiro australiano defendeu.

O último adversário da primeira fase seria a Iugoslávia, que reunia vários jogadores que disputariam a Copa da Itália, dali a dois anos. Entre eles, os meias Srecko Katanec e Dragan Stojkovic e o atacante Davor Suker. Mas o Brasil era favorito, credenciado pela boa campanha, e abriu 1 a 0 com o lateral-esquerdo improvisado André Cruz, em uma bomba na cobrança de falta que acertou a trave antes de entrar, aos 25 minutos da primeira etapa. No segundo tempo, Bebeto aproveitou rebote do goleiro após chute de Romário e ampliou, antes de Sabanadzovic descontar. Três jogos, três vitórias, nove gols marcados, só um sofrido. Um belo cartel para apresentar ao adversário das quartas: a Argentina.

Com Andrade começando pela primeira vez nos Jogos como titular, o meio-campo ficou mais compacto. Outra alteração foi a volta de Jorginho, recuperado de problema físico, à lateral esquerda, com André Cruz formando a zaga com Aloísio. Na frente, Bebeto também ganhou a vaga, tendo Romário como parceiro. Mas a vitória brasileira de 1 a 0 não viria através de nenhum dos dois. O meia e capitão Geovani pegou o arqueiro argentino Islas de surpresa com um chute da intermediária, aos 31 minutos do segundo tempo, e marcou o único gol do jogo.

Nas semifinais, uma batalha épica contra o grande time da Alemanha Ocidental, de Thomas Hassler e Jurgen Klinsmann. Os brasileiros saíram atrás: Wuttke levantou cobrança de falta na área, a defesa falhou na linha de impedimento, e o líbero Fach apareceu sozinho para cabecear para o fundo das redes. Mas também de cabeça veio o empate do Brasil: Careca recebeu na ponta direita, foi à linha de fundo e cruzou para Romário marcar. Dois minutos depois, no entanto, por muito pouco não veio também a eliminação: Geovani cometeu pênalti bobo em Klinsmann e, para piorar, recebeu o cartão amarelo que o deixaria de fora da final, caso a Seleção avançasse. Mas Taffarel brilhou pela primeira vez na partida ao defender a cobrança de Funkel.

Um a um no tempo normal e prorrogação, veio a decisão nos pênaltis. E como contra o Canadá, em 1984, o goleiro brasileiro virou herói. Pegou a primeira cobrança, de Janssen. João Paulo fez 1 a 0 Brasil. Klinsmann acertou a trave. Luis Carlos Winck ampliou. Kleppinger descontou para os alemães. Romário converteu o terceiro penal brasileiro. Fach diminuiu de novo para a Alemanha. André Cruz teve o seu defendido por Kamps. Quando já se temia o empate dos europeus, veio a quinta cobrança alemã, com Wuttke. E Taffarel pegou. O Brasil estava, pela segunda vez consecutiva, na final do ouro olímpico.

Na final, o adversário era, ironicamente, uma seleção de um país comunista, a URSS. Que não esteve em Los Angeles – juntamente com seus países-satélites do mundo socialista – ao revidar o boicote sofrido dos países do bloco capitalista aos Jogos de Moscou, em 1980. Mesmo desta vez competindo em igualdade de condições com as outras seleções (o que não acontecia pelo regulamento olímpico antigo que bania profissionais), os soviéticos tinham uma equipe forte o suficiente para chegar à final com méritos, derrotando pelo caminho Argentina e Itália.

Sem Ademir e Geovani, suspensos, o Brasil entrou com Milton ao lado de Andrade e Neto como armador. E foi o substituto do capitão brasileiro que iniciou a jogada do gol brasileiro: o meia do Guarani bateu escanteio fechado, venenoso, para o cabeceio de Romário, livre na pequena área: 1 a 0 aos 29 minutos da primeira etapa. Mas o time vermelho empatou quando Dobrovolski converteu pênalti duvidoso, aos 17 do segundo tempo. Enfrentaríamos outra prorrogação.

Logo aos cinco minutos do tempo extra, os soviéticos tiveram o atacante Tartatchouk expulso. Mas o Brasil não soube aproveitar a vantagem de ter um jogador a mais. O time adversário se fechou e passou a explorar os contra-ataques. E aos 14 minutos, saiu o gol da virada. Após um tiro de meta, o meio-campo brasileiro não cortou, e Savitchev ganhou fácil na corrida de André Cruz, antes de tocar por cobertura na saída de Taffarel. O Brasil tentou o empate nos últimos 15 minutos, mas também teve um jogador expulso (o atacante Edmar, que havia entrado no lugar de Neto), e teve de lamentar a prata – ao contrário de se contentar com ela, como em 1984. Em Seul, tivemos tudo para levar o ouro.

Ou quase tudo: na véspera da final estourou uma crise entre cartolas e jogadores envolvendo a premiação por chegar à decisão. O vice-presidente da CBF, Nabi Abi Chedid, acusou os atletas de “mercenários”. E estes, liderados por Romário, rebateram afirmando que estavam dispostos a jogar até sem receber nada, somente pela medalha, mas que os dirigentes haviam feito uma proposta, a qual não tinham cumprido.

De todo modo, a Seleção Olímpica de 1988 acabou servindo de vitrine para que vários de seus jogadores trocassem o futebol brasileiro pelo europeu. Ainda durante a preparação para os Jogos, Ricardo Gomes e Valdo trocaram, respectivamente, o Fluminense e o Grêmio, pelo Benfica; o mesmo aconteceu até com veteranos, como o volante Andrade (que trocou o Flamengo pela Roma) e o atacante Edmar (foi do Corinthians para o Pescara italiano). Depois do torneio, Romário foi negociado pelo Vasco com o PSV holandês; o zagueiro Aloísio deixaria o Internacional para jogar no Barcelona; e o meia Milton foi vendido pelo Coritiba ao Como, da Itália. (Fonte: blogs.lance.com.br/memoriadabola


.:: Os Medalhistas de Prata ::.

Uma das formações da seleção brasileira nos Jogos Olímpicos;
Em pé: André Cruz, Taffarel, Luis Carlos Winck, Aloísio, Ademir e Jorginho;
Agachados: Bebeto, Romário, Milton, Geovani (capitão) e Andrade;
Foto: www.twb22.blogspot.com.br
Seleção Brasileira – Brazil National Football Team
Nome Completo Alcunha Clube J G P
Go 01 Cláudio André Mergen Taffarel Taffarel SC Internacional 6 4 1
Go 12 José Carlos da Costa Araújo Zé Carlos CR Flamengo 0 0 1
LD 02 Jorge de Amorim Campos Jorginho CR Flamengo 4 0 1
LD 14 Luis Carlos Coelho Winck Luis Carlos Winck SC Internacional 6 0 2
Za 03 João Batista Viana dos Santos Batista Atlético Mineiro 2 0 1
Za 13 André Alves da Cruz André Cruz AA Ponte Preta 6 1 1
Za 15 Aloisio Pires Alves Aloisio SC Internacional 6 0 1
Le 06 Iomar do Nascimento Mazinho CR Vasco da Gama 0 0 1
Mv 05 Ademir Roque Kaefer Ademir EC Cruzeiro 5 0 2
Mv 16 Milton Luiz de Souza Filho Milton FC Coritiba 6 0 1
Mv 19 Jorge Luis Andrade da Silva Andrade AS Roma ITA 4 0 1
Mc 08 Geovani Faria da Silva Geovani CR Vasco da Gama 5 1 1
Mc 10 Hamilton de Souza Careca EC Cruzeiro 6 0 1
Mc 17 José Ferreira Neto Neto FC Guarani 2 0 1
At 09 Edmar Bernardes dos Santos Edmar SC Corinthians 4 1 1
At 11 Romário de Souza Faria Romário CR Vasco da Gama 6 7 1
At 18 Sérgio Luiz Donizetti João Paulo FC Guarani 3 0 1
At 20 José Roberto Gama de Oliveira Bebeto CR Flamengo 6 2 1
Coach: Carlos Alberto Silva Carlos Alberto Conf. Brasileira de Futebol
Za 04 Ricardo Gomes Raimundo Ricardo Gomes SL Benfica POR
Mc 07 Valdo Cândido Oliveira Filho Valdo SL Benfica POR
# Ricardo Gomes e Valdo não foram liberados pelo Benfica, de Portugal;
]# Site Oficial da FIFA: www.fifa.com/jogos-olimpicos-1988
# O Brasil ficou com a Medalha de Prata.
# Romário foi o artilheiro da competição com 7 gols marcados.

.:: Campanha Brasileira ::.

Primeira Fase – Grupo D
18 de Setembro, 19:00 hs – Daejeon Hanbat Stadium, em Daejeon – 29.512 pag
Brasil – Brazil 4 x 0 Nigéria
Edmar, 58′
Romário, 73′
Romário, 78′
Bebeto, 85′
Jogo 1
20 de Setembro, 19:00 hs – Dong Dae Mun Stadium, em Seoul – 15.000 pag
Brasil – Brazil 3 x 0 Austrália
Romário, 19′
Romário, 56′
Romário, 60′
Jogo 2
22 de Setembro de 1988, 19:00 hs – Daejeon Hanbat Stadium, em Daejeon – 31.200 pag
Brasil – Brazil 2 x 1 Iugoslávia – Yugoslavia
André Cruz, 24′
Bebeto, 55′
Jogo 3 Refik Šabanadžović, 68′
Quartas de Final
25 de Setembro, 19:00 hs – Dong Dae Mun Stadium, em Seoul – 21.800 pag
Brasil – Brazil 1 x 0 Argentina
Geovani, 76′ Jogo 4
Semi-Final
27 de Setembro, 19:00 hs – Olympic Stadium, em Seoul – 65.000 pag
Alemanha Ocidental – West Germany 1 x 1 Brasil – Brazil
Holger Fach, 51′
Pênaltis
Olaf Janssen (Perdeu)
Jürgen Klinsmann (Perdeu)
Gerhard Kleppinger (Fez)
Holger Fach (Fez)
Wolfram Wuttke (Perdeu)
Jogo 5
Pen
0 x 1
0 x 2
1 x 3
2 x 3
2 x 3
Romário, 80′
Pênaltis
João Paulo (Fez)
Luis Carlos Winck (Fez)
Romário (Fez)
André Cruz (Perdeu)
Final
1 de Outubro, 19:00 hs – Olympic Stadium, em Seoul – 74.000 pag
Brasil – Brazil 1 x 2 União Soviética – Soviet Union
Romário, 29′ Jogo 6 Igor Dobrovolski, 60′ (pen)
Yury Savichev, 103′
# Para acessar as escalações das equipes, por favor, clique na palavra JOGO.

.:: Galeria de Imagens ::.
Taffarel Jorginho Batista Ademir
Mazinho Geovani Edmar Careca
Romário Zé Carlos André Cruz Winck
Aloisio Milton Neto João Paulo
Andrade Bebeto Carlos Alberto

.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.

Elenco da Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos de 1984 em Los Angeles

.:: Jogos Olímpicos, Los Angeles 1984 ::.
Games of the XXIV Olympiad – 1984 Summer Olympics

O Torneio de Futebol nos Jogos Olímpicos de Verão de 1984 foi realizado em quatro cidades dos Estados Unidos (Cambridge, Annapolis, Palo Alto e Pasadena). A competição iniciou-se em 29 de julho e encerrou-se em 11 de agosto.
Uma particularidade desta competição foi que o Brasil foi representado pelo time do Sport Club Internacional/RS que cedeu seu time titular para a CBF (totalizando 11 dos 17 jogadores convocados), reforçado de Gilmar Popoca, do Flamengo, que foi eleito o melhor jogador da competição. (Fonte: wikipedia.org)


Em 1984, o Internacional havia conquistado o Torneio Heleno Nunes, organizado pela CBF. Porém pagou mico no Brasileirão e foi eliminado muito cedo, com um péssimo desempenho. O então novato técnico Jair Picerni, escalado pela CBF para comandar o time olímpico para os Jogos de Los Angeles, estava com dificuldades de acertar a equipe, repleta de jogadores isolados de outros times.

Um contato de Picerni e um “OK” da direção do Inter (depois da negativa do Fluminense, focado nas finais do Brasileiro), levaram 11 atletas colorados para os Jogos Olímpicos: o goleiro Gilmar, o lateral-esquerdo André Luís, os zagueiros Pinga e Mauro Galvão, os meias Tonho, Ademir Kaefer, Mílton Cruz, Paulo Santos e Dunga, e os atacantes Kita e Silvinho.

A chamada “Sele-Inter” partiu totalmente desacreditada. O curioso é que o time colorado tinha jogadores de alto nível. Atletas como Gilmar Rinaldi e Dunga foram campeões mundiais, enquanto outros como Mauro Galvão, Luís Carlos Winck e Aloísio conquistaram muitos títulos pelo Brasil e pelo Mundo. A eles, foi somado Gilmar Popoca, então destaque no Flamengo de Zico e que seria o melhor jogador da competição.

O Brasil começou bem, goleando a Arábia Saudita por 3×1 com gols de Gilmar, Silvinho e Dunga. Depois bateu Marrocos por 2×0, gols de Dunga e Kita. Contra a Alemanha Oriental, um duríssimo 1×0 que só saiu no finalzinho do jogo, através de Gilmar Popoca. Nas quartas-de-final, um 1×1 heróico diante do Canadá no tempo normal, gol salvador de Gilmar Popoca depois de Dale Mitchell abrir o marcador. Nos pênaltis, seu homônimo Gilmar Rinaldi pegaria duas cobranças e o Brasil estava nas semifinais!

Então o duríssimo adversário, a Itália campeã mundial e com jogadores do quilate de Walter Zenga, Aldo Serena, Franco Baresi e Franco Tancredi. Novamente Gilmar Popoca marcou o gol brasileiro aos oito minutos da etapa complementar, mas Pietro Fanna empatou dez minutos depois. Na prorrogação, o lateral-direito Ronaldo (então do Corinthians e que jogou no Grêmio), fez o gol da vitória. O Brasil conquistou assim sua primeira medalha olímpica no futebol!

Restava saber se seria de ouro ou prata, e o adversário na decisão seria a França, campeã européia dois meses antes. Na decisão, o time de Picerni não foi páreo para os franceses, que eram comandados por Henri Michel e tinha seis jogadores campeões da Eurocopa daquele ano. François Brisso e Daniel Xuereb marcaram os gols da vitória francesa para impressionantes 102 mil torcedores no Rose Bowl. (Fonte: www.clicrbs.com.br)


.:: Os Medalhistas de Prata ::.

Em pé : Davi, Dunga,Pinga, Chicão, Gilmar Rinaldi, Ronaldo Moraes, André Luis, Kita e Luis Henrique; Sentados: Luis Carlos Winck, Tonho, Paulo Santos, Ademir Kaefer, Gilmar Popoca, Mauro Galvão, Silvinho e Milton Cruz; Faltpu só o treinador Jair Picerni na foto;
Crédito: www.futgestao.com.br
Seleção Brasileira – Brazil National Football Team
Atleta Alcunha Clube J G
01 GO Gilmar Luís Rinaldi Gilmar SC Internacional (RS) 6 5
02 LD Ronaldo Moraes Silva Ronaldo Moraes SC Corinthians (SP) 6 1
03 ZA Jorge Luis da Silva Brum Pinga SC Internacional (RS) 5 0
04 ZA Mauro Geraldo Galvão Mauro Galvão SC Internacional (RS) 6 0
05 MV Ademir Roque Kaefer Ademir Kaefer SC Internacional (RS) 6 0
06 LE André Luis Ferreira André Luis SC Internacional (RS) 5 0
07 MC Paulo dos Santos Paulo Santos SC Internacional (RS) 1 0
08 MC Carlos Caetano Bledorn Verri Dunga SC Internacional (RS) 6 2
09 AT João Leithardt Neto Kita SC Internacional (RS) 6 1
10 MC Augilmar Silva de Oliveira Gilmar Popoca CR Flamengo (RJ) 6 4
11 AT Silvio Paiva Silvinho SC Internacional (RS) 6 1
12 GO Luis Henrique Dias Luis Henrique AA Ponte Preta (SP) 0 0
13 ZA Luis Carlos Coelho Winck Luis Carlos Winck SC Internacional (RS) 1 0
14 ZA Davi Cortes da Silva Davi FC Santos (SP) 2 0
15 MC Antônio José Gil Tonho EC Aimoré (RS) 6 0
16 AT Francisco Carlos Martins Vidal Chicão AA Ponte Preta (SP) 6 0
17 MA Milton da Cruz Milton Cruz SC Internacional (RS) 3 0
Coach: Jair Picerni Jair Picerni Conf. Brasileira Futebol
# A base da Seleção Brasileira foi representada pelo Sport Club Internacional.
# Fonte: Site Oficial da FIFA: www.fifa.com/olympic-tournaments
# SC Internacional Medalha de Prata em Los Angeles: www.clicrbs.com.br
# Links Externos: www.blogs.lance.com.br/memoriadabola/1984
# Links Externos: www.apostasesportivasonline.net

.:: Campanha Brasileira ::.

Primeira Fase – Grupo C – 1ª Rodada
30 de Julho, 19:00 hs – Rose Bowl, Pasadena – 40.799 pag
Brasil 3 x 1 Arábia Saudita
Gilmar Popóca, 12′
Silvinho, 50′
Dunga, 59′
Jogo 1 Majed Abdullah, 69′
Primeira Fase – Grupo C – 2ª Rodada
1 de Agosto, 19:00 hs – Stanford Stadium, Palo Alto – 75.239 pag
Brasil 1 x 0 Alemanha Ocidental
Gilmar Popóca, 86′ Jogo 2
Primeira Fase – Grupo C – 3ª Rodada
3 de Agosto, 19:00 hs – Rose Bowl, Pasadena – 49.355 pag
Marrocos 0 x 2 Brasil
Jogo 3 Dunga, 64′
Kita, 70′
Quartas de Final
6 de Agosto, 17:00 hs – Stanford Stadium, Palo Alto – 36.150 pag
Brasil 1 x 1 Canadá
Gilmar Popoca, 72′
Penalidades
Gilmar Popóca (Fez)
Kita (Fez)
Ademir (Fez)
André Luís (Fez)
Jogo 4
Pen
1 x 1
2 x 1
3 x 1
4 x 2
Dale Mitchell, 58′
Penalidades
Wilson (Fez)
Mitchel (Perdeu)
Sweeney (Perdeu)
Gray (Fez)
Semi-Final
8 de Agosto, 20:30 hs – Stanford Stadium, Palo Alto – 83.642 pag
Itália 1 x 2 Brasil
Pietro Fanna, 62′ Jogo 5 Gilmar Popoca, 53′
Ronaldo, 95′
Final
11 de Agosto, 19:00 hs – Rose Bowl, Pasadena – 101.799 pag
França 2 x 0 Brasil
Feançois Brisson, 55′
Daniel Xuereb, 60′
Jogo 6
# em 06/08 o Brasil venceu o Canadá nas penalidades por 4 x 2;
# Para acessar as escalações das equipes, por favor, clique na palavra JOGO.

.:: Galeria de Imagens ::.
Formação do Brasil que Jogou a Final com a França
Em pé: Pinga, Gilmar Rinaldi, Mauro Galvão, Ademir Kaefer, Ronaldo e André Luis;
Agachados: Tonho, Dunga, Kita, Gilmar Popoca e Silvinho;
Crédito: www.shirttales.org
Jogadores do Internacional Posam com a Medalha de Prata.
Em pé: Luis Carlos Winck, Gilmar, Pinga, Ademir, Mauro Galvão e André Luis;
Agachados: Paulo Santos, Dunga, Kita, Milton Cruz e Silvinho.
Foto: www.lancenet.com.br/memorias

.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.