Archive for the ‘in Brasil / PR’ Category

19/11/2003 – Brasil 3 x 3 Uruguai

.:: Eliminatórias da Copa do Mundo ::.
Ronaldo empata o jogo e evita a derrota brasileira para os uruguaios;
Credit: www.gettyimages.com/Antonio-Scorza/AFP
Ficha Tecnica
Brasil 3 x 3 Uruguai
Eliminatórias da Copa do Mundo de 2006
uruguai_1
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Eliminatórias da Copa do Mundo 2006 – 4ª Rodada
• Data (Date): Quarta-Feira, 19 de Novembro de 2003, as 21:50 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Centro Poliesportivo Pinheiro “Pinheirão”, Curitiba/PR
• Público (Attendance): 28.000 pagantes – Renda: Sem Registro
• Árbitro (Referee): Horacio Marcelo Elizondo (Argentina)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Rodolfo Otero (Argentina)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Alberto Barrientos (Argentina)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Óscar Sequeira (Argentina)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Nelson Abeijón, aos 32’/1º
Gols | Goals | Goles Gols | Goals | Goles
1-0 Kaká, aos 19’/1º 1-2 Diego Forlán, aos 11’/2º
2-0 Ronaldo, aos 28’/1º 2-2 Diego Forlán, aos 30’/2º (Cabeça)
3-3 Ronaldo, aos 41’/2º 3-2 Gilberto Silva (contra), 32’/2º (Cabeça)
Brasil – Brazil Uruguai – Uruguay
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Dida
02 Cafu ©
03 Lúcio
13 Roque Júnior
06 Júnior
08 Gilberto Silva
05 Renato Dirnei (Juninho-PE)
07 Kaká (Alex)
11 Zé Roberto
10 Rivaldo (Luis Fabiano)
09 Ronaldo Nazário
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Gustavo Munúa
15 Adrián Romero © (Recoba)
03 Joe Bizera
06 Diego López
17 Alejandro Lago
05 Marcelo Sosa
07 Nelson Abeijón (Núñez)
10 Martín Ligüera
22 Germán Hornos (Chevantón)
16 Marcelo Zalayeta
21 Diego Forlán
Coach: Carlos Alberto Parreira CoacH: Juan Carrasco
12
13
14
15
16
17
18
Júlio César (gk)
Juliano Belletti
Edmilson
Émerson Rosa
Juninho Pernambucano, aos 34’/2º
Alex de Souza, aos 27’/2º
Luis Fabiano, aos 34’/2º
09
11
12
14
18
19
20
Carlos Bueno
Richard Nuñez, aos 36’/1º
Luis Barbat (gk)
Cristian González
Vicente Sánchez
Ernesto Chevantón, aos 9’/2º
Alvaro Recoba ©, no Intervalo
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
2 x 0 1 x 3 3 x 3
● Jogo válido pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2006, na Alemanha;
● Brasil: Camisa Amarela, Calção Azul e Meias Brancas (Nike);
● Uruguai: Camisa Azul-Celeste, Calção Preto e Meias Pretas (Puma);
● Estreantes na Seleção Brasileira: Nenhum;
● Página da FIFA: www.fifa.com/worldcup/archive/germany2006/preliminaries
● Assisti esse jogo, ao vivo, pela TV Verdes Mares, canal 10, afiliada da Globo;
● Galvão Bueno – Paulo Roberto Falcão – Casagrande e Arnaldo César Coelho;
● Próximo Jogo: 18/02/2004 – Irlanda x Brasil, Amistoso em Dublin; (Ficha do Jogo)
Estatísticas de Carlos Alberto Parreira na Seleção Brasileira
Ano Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Pró Gols Contra Saldo
2003 12 5 5 2 15 10 5
.Artilheiros: Adriano e Ronaldo (3), Ronaldinho e Kaká (2), Gil, Luis Fabiano, Alex, Roberto Carlos e Rivaldo;

.:: Galeria de Imagens ::.
Em pé: Dida, Gilberto Silva, Ronaldo, Rivaldo, Roque Júnior e Lúcio;
Agachados: Renato, Júnior, Zé Roberto, Kaká e Cafu (capitão); @pnlopes
Credit: www.once-onze.narod.ru
Confira as imagens do empate entre Brasil e Uruguai em Curitiba;
Credit: https://www.youtube.com/cicim8665
.:: Palco do Jogo ::.
Complexo Poliesportivo Pinheirão, em Curitiba/PR, pertencia a FPF;
Credit: futebolamericanobrasil.com/Vilson-Volpato

.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.

Anúncios

07/10/2001 – Brasil 2 x 0 Chile

Vampeta disputa a jogada com Cancino observado por Marcelinho Paraíba;
Credit: www.alamy.com
Ficha Tecnica
Brasil 2 x 0 Chile
Eliminatórias da Copa do Mundo de 2002
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Eliminatórias da Copa do Mundo de 2002 – 16ª Rodada
• Data (Date): Domingo, 7 de Outubro de 2001, as 16:00 hs (de Brasilia)
• Estádio (Stadium): Coritiba FC – Antônio do Couto Pereira, em Curitiba/PR
• Público (Attendance): cerca de 52.000 expectadores
• Árbitro (Referee): Horacio Elizondo (Argentina)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Dario García (Argentina)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Abraham Serrano (Argentina)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Sergio Pezzotta (Argentina)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Victor Cancino, aos 27’/1º
Marcelo Slas, aos 7’/2º
Raul Muñoz, aos 35’/2º
Gols | Goals | Goles Gols | Goals | Goles
1-0 Edilson, aos 6’/2º
2-0 Rivaldo, aos 17’/2º
Brasil – Brazil Chile
Go
Ld
Za
Za
Le
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Marcos Silveira
02 Cafu
04 Lúcio
04 Juan Silveira
06 Roberto Carlos (Belletti)
05 Edmilson
07 Émerson Rosa ©
08 Vampeta
10 Rivaldo (Juninho Paulista)
11 Edilson
09 Marcelinho Paraíba (Denilson)
Go
Za
Za
Za
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Carlos Toro
16 Héctor Robles
13 Jorge Vargas
05 Raúl Muñoz
20 Víctor Cancino
18 Marco Villaseca
15 Patricio Ormazábal
08 David Pizarro (J. Riveros)
22 Rodrigo Pérez (R. Meléndez)
07 Rodrigo Valenzuela (R. Navia)
11 Marcelo Salas
Coach: Luiz Felipe Scolari Coach: Jorge Garcés Rojas
12
13
14
15
16
17
18
Dida (gk)
Juliano Belletti, aos 37’/2º
Eduardo Costa
Juninho Paulista, aos 43’/2º
Giovane Élber
Denilson Oliveira, no Intervalo
França
06
09
10
12
14
17
21
Alex Von Schwedler
Reinaldo navia, aos 10’/2º
Jaime Riveros, aos 38’/2º
Nocolás Peric (gk)
Luis Medina
Rodrigo Meléndez, aos 33’/2º
Carlos Reyes
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
0 x 0 2 x 0 2 x 0
• Jogo válido pela Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2002, no Japão/Coreia;
• Brasil: Camisa Amarela, Calção Azul e Meias Brancas (nike);
• Chile: Camisa Vermelha, Calção Branco e Meia Azuis;
• Assisti esse jogo, ao vivo, pela TV Verdes Mares canal 10;

.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.

9 de Agosto de 2001 – Brasil 5 x 0 Panamá

Denilson entrou no segundo tempo na goleada do Brasil em Curitiba;
Credit: futebolnostalgico.blogspot.com.br
Ficha Tecnica
Brasil 5 x 0 Panamá
International Friendly: Brazil 5 – 0 Panama
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Amistoso Oficial
• Data (Date): Quinta-Feira, 9 de Agosto de 2001
• Estádio (Stadium): Atlético Paranaenese – Arena da Baixada, em Curitiba/PR
• Público (Attendance): Sem Registro (no Registry)
• Árbitro (Referee): Carlos Eugênio Simon (Brasil / Brazil)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Sem Registro (no Registry)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Sem Registro (no Registry)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Sem Registro (no Registry)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Nenhum (none) Nenhum (none)
Gols | Goals | Goles Gols | Goals | Goles
1-0 Edilson (pênalti), aos 15’/2º
2-0 Alex, aos 18’/2º
3-0 Euller, aos 35’/2º
4-0 Juninho (pênalti), aos 43’/2º
5-0 Roberto Carlos, aos 45’/2º
Brasil – Brazil Panamá
Go
Za
Za
Za
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
01 Marcos Silveira (Dida)
03 Juan Silveira
04 Roque Júnior ©
05 Cris
02 Alessandro (Vampeta)
08 Eduardo Costa
07 Tinga (Juninho Paulista)
10 Leonardo © (Alex)
06 Roberto Carlos
11 Edilson (Euller)
09 Marcelinho Paraíba (Denilson)
Go
Za
Za
Za
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
Oscar McFarlane (F. Portillo)
Luis “Lucho” Moreno (E. Downer)
Ubaldo “Tito” Guardia
José Anthony Torres
Gilberto Walter
Roberto Correa
Juan Carlos Cubillas
Ricardo Paschal (C. O. Vergara)
Luis Ángel Rodríguez (A. Blanco)
Roberto Brown (L. Tejada)
Alfredo Anderson (L. Parra)
Coach: Luiz Felipe Scolari Coach: Mihai Stoichita
15
13
17
16
12
14
Vampeta, no Intervalo
Alex Souza, aos 13’/2º
Denilson Oliveira, aos 19’/2º
Euller, aos 19’/2º
Dida, aos 23’/2º
Juninho Paulista, aos 23’/2º
1
2
3
4
5
6
Luis Tejada, aos 21’/2º
Ernesto Dawner, aos 25’/2º
Alberto Blanco, aos 25’/2º
Luis Parra, aos 25’/2º
Clovis O’Neal Vergara, aos 36’/2º
Francisco Portillo, aos 42’/2º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
0 x 0 5 x 0 5 x 0
# Jogo de preparação do Brasil visando as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2002;
# Brasil: Camisa Amarela, Calção Azul e Meias Brancas (nike);
# Panamá: Camisa Vermelha, Calção Vermelho e Meia PVermelha;
# Assisti esse jogo, ao vivo, pela TV Verdes Mares canal 10;

.:: Galeria de Imagens ::.
Imagens da goleada do Brasil contra o Panamá na Arena da Baixada;

.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.

06/02/2000 – Brasil 2 x 2 Uruguai

O capitão Alex recebe a taça de campeão do torneio pré-olimpico;
Crédito: www.lance.com.br/Galeria-de-Imagens-do-Alex
Ficha Tecnica
Brasil 2 x 2 Uruguai
2000 Summer Olympics – Men’s Qualification
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Torneio Pré-Olímpico – Quadrangular Final – 3ª Rodada
• Data (Date): Domingo, 6 de Fevereiro de 2000, a tarde
• Estádio (Stadium): Londrina FC – Estádio do Café, em Londrina, Paraná
• Público (Attendance): 29.165 pagantes – Renda: Sem Registro
• Árbitro (Referee): Juan Carlos Paniagua (Bolivia)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Sem Registro (No Registry)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Sem Registro (No Registry)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Sem Registro (No Registry)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Walter Fabian Coelho
Gonzalo Sorondo
Martin Sebastian Rivas
Alejandro Melono
Gols | Goals | Goles Gols | Goals | Goles
1-0 Fábio Bilica, aos 4’/1º 1-1 Ignacio Risso, aos 3’/2º
2-2 Fábio Júnior, aos 42’/2º 2-1 Gustavo Varela, aos 14’/2º
Brasil – Brazil u23 Uruguai – Uruguay u23
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
12 Fábio Costa
05 Baiano (Cris)
03 Fábio Bilica
04 Álvaro
16 Athirson
15 Marcos Paulo
19 Edu Schimidt (Warley)
08 Fabiano
10 Alex Souza ©
07 Ronaldinho Gaúcho
20 Lucas Severino (Fábio Jr)
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
Fabián Carini
Alejandro Lembo
Martín Rivas
Gonzalo Sorondo
Federico Gastón Rariz (Pouso)
Alejandro Meloño
Walter Fabián Coelho (González)
Christian Callejas
Guillermo Giacomazzi
Gustavo Varela
Ignácio Risso (Olivera)
Coach: Vanderlei Luxemburgo Coach: Victor Pua Sosa
18
09
13
Warley, aos 13’/2º
Fábio Júnior, aos 22’/2º
Cris, aos 42’/2º
#
#
#
Omar Hebar Pouso, aos 19’/2º
Andrés Nicolás Olivera, aos 24’/2º
Nicolás González, aos 34’/2º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
1 x 0 1 x 2 2 x 2
• Torneio Pré-Olímpico que indicará duas vagas para os Jogos Olímpicos de Sydney;
• O Brasil já entrou em campo classificado e com o empate garantiu o título;
• Brasil: Camisa Amarela, Calção Azul e Meias Brancas (Nike);
• Uruguai: Camisa Azul-Celeste, Calção Preto e Meias Pretas;
• No Outro Jogo do Quadrangular: Argentina 0 x 1 Chile, Estadio del Café, Londrina;
• Assisti esse jogo, ao vivo, pela TV Verdes Mares, canal 10, afiliada da Globo;
Tabela de Classificação do Grupo do Brasil
Times (Técnico) Pts Jgs Vit Emp Der GP GC S
. Brasil (Vanderlei Luxemburgo) 7 3 2 1 0 9 5 4
. Chile (Nelson Acosta) 6 3 2 0 1 6 4 2
. Argentina (José Pekerman) 3 3 1 0 2 5 5 0
. Uruguai (Victor Pua) 1 3 0 1 2 3 9 -6
# Regulamento: Os dois melhores classificam-se para os Jogos Olímpicos de Sydney;

.:: Galeria de Imagens ::.
Fábio Costa abraça Ronaldinho Gaúcho observado por Fábio Bilica e Alex;
(Crédito da Imagem: Jornal O Lance)
Jogadores do Brasil com a medalha de campeão do Torneio Pré-Olímpico de Londrina;
Crédito: www.wedbenger.com.br
.:: Crônica da Partida ::.
Com uma atuação melancólica, a seleção brasileira empatou com o desmotivado Uruguai, por 2 a 2, e conquistou o título do Pré-Olímpico, ontem, no estádio do Café, em Londrina.

O gol do empate brasileiro só foi marcado aos 42min pelo atacante Fábio Júnior, que entrara no segundo tempo.

Antes, o zagueiro Fábio Bilica havia aberto o placar do jogo. Os atacantes Risso e Varela marcaram para o Uruguai, que já estava eliminado da competição.

Apesar da atuação decepcionante, o time brasileiro fechou o torneio como único invicto – cinco vitórias e dois empates.

Com o título, a seleção conquistou o direito de ser cabeça-de-chave nos Jogos de Sydney, na Austrália, em setembro. Agora, o Brasil tem sete títulos do Pré-Olímpico sul-americano no currículo.

A vaga olímpica havia sido conseguida pela equipe na sexta-feira. Na ocasião, a seleção derrotou o Chile, por 3 a 1.

O Uruguai, por sua vez, conseguiu o seu único ponto no quadrangular final. Apontado como favorito a uma das vagas olímpicas, o time uruguaio não venceu nenhum jogo no quadrangular final.

Na primeira fase da competição, os uruguaios foram os únicos a conseguir 100 % de aproveitamento – venceram todos os adversários.

Apesar do título, a seleção jogou ontem sem criatividade e de forma burocrática. Nas três partidas anteriores, a equipe havia feito excelentes atuações – marcou 16 gols (média de 5,3 por partida).

Embora tenha decepcionado no final da partida, a seleção parecia que não encontraria dificuldade para vencer o Uruguai no início da partida.

Empurrado pela torcida, que compareceu em maior número do que no jogo contra o Chile, o time brasileiro começou forte no primeiro tempo.

A vantagem não demorou a vir. Logo aos quatro minutos, o zagueiro Fábio Bilica marcou o primeiro gol da partida. Ele desviou a bola após a cobrança de uma falta feita pelo meia Alex.

Em desvantagem no placar, os uruguaios começaram a apelar para a violência. Os brasileiros, por sua vez, se acomodaram na partida. O time dominava as ações, mas não conseguia chegar com perigo no gol uruguaio.

No segundo tempo, a equipe brasileira voltou sem vibração. Sentindo o adversário fraco, os uruguaios empataram logo. Aos três minutos, o atacante Risso fez o primeiro gol do Uruguai em uma jogada de contra ataque.

Apesar do empate uruguaio, a seleção continuou atuando sem imaginação e com muita lentidão. Insatisfeito com o rendimento da equipe, Luxemburgo mexeu na equipe. Ele colocou o atacante Warley no lugar do meia Edu, que estava apagando na partida.

Com a mudança, o atacante Ronaldinho foi recuado para o meio-campo. A mudança não deu resultado imediato. Logo em seguida, o Uruguai virou o jogo. Aos 14min, o atacante Varella fez o segundo gol uruguaio. Ele acertou um forte chute de fora da área sem defesa para o goleiro Fábio Costa.

Com o placar adverso, a seleção voltou a pressionar. Luxemburgo mudou novamente o time. Ele escalou Fábio Júnior no lugar de Lucas. O atacante da Roma acabou empatando o jogo aos 42min.

Todos os jogadores da seleção brasileira protagonizaram uma cena constrangedora antes do início da partida.

No final da primeira parte do Hino Nacional, os titulares pensaram que a música já havia acabado e chamaram os reservas para fazer a tradicional foto do time.

Enquanto metade da equipe se agachava para posar para os fotógrafos, a segunda parte do hino teve início.

A atitude dos brasileiros levou os uruguaios a iniciarem o aquecimento. Desesperado, um integrante da comissão técnica foi até o campo e mandou que os atletas voltassem a formar a fila para ouvir o final do hino. (Fonte: www.folhadelondrina.com.br)


.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.

04/02/2000 – Brasil 3 x 1 Chile

Brasil vence Chile, de virada, e garante sua classificação para os jogos olímpicos;
Crédito: www.gettyimages.com/Orlando-Kussner/AFP
Ficha Tecnica
Brasil 3 x 1 Chile
2000 Summer Olympics – Men’s Qualification
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Torneio Pré-Olímpico – Quadrangular Final – 2ª Rodada
• Data (Date): Sexta-Feira, 4 de Fevereiro de 2000, a noite
• Estádio (Stadium): Londrina FC – Estádio do Café, em Londrina, Paraná
• Público (Attendance): 22.000 pagantes – Renda: Sem Registro
• Árbitro (Referee): Henry Cervantes (Colômbia / Colombia)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Sem Registro (No Registry)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Sem Registro (No Registry)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Sem Registro (No Registry)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Fábio Bilica Patricio Hormazabal
Fabiano
Baiano
Gols | Goals | Goles Gols | Goals | Goles
1-1 Athirson, aos 31’/1º 1-0 Tapia, aos 14’/1º
2-1 Ronaldinho, a 1’min/2º
3-1 Baiano, aos 15’/2º
Brasil – Brazil u23 Chile u23
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
12 Fábio Costa
05 Baiano
03 Fábio Bilica
04 Álvaro
16 Athirson
15 Marcos Paulo
19 Edu Schimidt
08 Fabiano (Mozart)
10 Alex Souza ©
07 Ronaldinho Gaúcho (Fábio Jr)
20 Lucas Severino (Warley)
Go
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
Javier Di Gregorio
Cristian Alvarez
Pablo Contreras
Rafael Olarra
Claudio Maldonado
Rodrigo Nuñez
Patricio Ormazábal
Rodrigo Tello
David Henriquez
Héctor Tapia
Julio Gutiérrez (Rios)
Coach: Vanderlei Luxemburgo Coach: Nelson Acosta
18
09
11
Warley, aos 35’/2º
Fábio Júnior, aos 39’/2º
Mozart, aos 42’/2º
# Rodrigo Rios, no Intervalo
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
1 x 1 2 x 0 3 x 1
• Torneio Pré-Olímpico que indicará duas vagas para os Jogos Olímpicos de Sydney;
• Com esse resultado o Brasil garantiu classificação para os Jogos Olímpicos de Sydney;
• Brasil: Camisa Amarela, Calção Azul e Meias Brancas (Nike);
• Chile: Camisa Vermelha, Calção Azul e Meias Brancas;
• No Outro Jogo do Quadrangular: Uruguia 0 x 3 Argentina, Estadio del Café, Londrina;
• Assisti esse jogo, ao vivo, pela TV Verdes Mares, canal 10, afiliada da Globo;
• Próximo Jogo: 06/02 – Brasil x Uruguai, Estádio do Café, Londrina, Paraná;
Tabela de Classificação do Grupo do Brasil
Times (Técnico) Pts Jgs Vit Emp Der GP GC S
. Brasil (Vanderlei Luxemburgo) 6 2 2 0 0 7 3 4
. Chile (Nelson Acosta) 3 2 1 0 1 5 4 1
. Argentina (José Pekerman) 3 2 1 0 1 5 4 1
. Uruguai (Victor Pua) 0 2 0 0 2 1 7 -6
# Regulamento: Os dois melhores classificam-se para os Jogos Olímpicos de Sydney;

.:: Crônica da Partida ::.
O Brasil carimbou o passaporte para as Olimpíadas de Sydney, ontem à noite, no Estádio do Café, ao vencer o Chile por 3 a 1 – de virada. Na preliminar, a Argentina superou o Uruguai por 3 a 0 e amanhã decide com o Chile a outra vaga sul-americana. Se o Brasil perder para o Uruguai, pode não ser o campeão do Pré-Olímpico, mas a vaga está garantida.

O Brasil começou o jogo encontrando muita dificuldade para furar a retranca chilena. O técnico Hector Pinto armou o time com três zagueiros e quatro volantes, além dos laterais, que também congestionavam a entrada da área. Os atacantes Gutierrez e Tapia também auxiliavam na marcacão já no campo chileno. O objetivo era claro: não tomar gol.

Desde a saída de bola, a Seleção Brasileira partiu para cima do adversário, como quem tem muita pressa. Os chilenos resistiram bem à pressão inicial. Somente aos 14 minutos o Chile conseguiu chegar à área brasileira. Num contra-ataque rápido, Tapia tocou para Gutierrez já dentro da área. O atacante devolveu a bola atrás da defesa. O goleiro Fábio Costa saiu, mas Tapia foi mais mais rápido e abriu o marcador: Chile 1 a 0.

Enquanto o Brasil tentava empatar o jogo, houve uma briga nas arquibancadas cobertas. Um torcedor jogou cerveja em outro e ambos acabaram detidos pela polícia. Minutos depois, outra confusão no mesmo setor da torcida. A Polícia Militar mobilizou o Pelotão de Choque, que controlou o problema.

De tanto o Brasil insistir, o gol de empate acabou saindo numa jogada casual. Athirson arriscou da intermediária, a bola tocou num zagueiro e enganou o goleiro Di Gregorio. Depois do gol, o Brasil reduziu o ritmo, mas em nenhum momento foi ameaçado pelo Chile.

O técnico chileno voltou para o segundo tempo com uma alteração, Gutierrez deu lugar a Ríos. Entretanto, quem acabou fazendo outro gol foi o Brasil. Logo no primeiro minuto, Ronaldinho cobrou uma falta da entrada da área e decretou a virada brasileira.

Se o gol de empate havia provocado redução no ritmo do Brasil, o da virada, ainda mais. Mesmo assim, o Brasil ainda fez mais um, logo aos 15 minutos. O lateral Baiano recebeu a bola entre a linha da direita e o bico da grande área, deu um corte para dentro e chutou de esquerda, no ângulo: Brasil 3 a 1.

O Brasil continuou atacando e o Chile se defendendo. Nas arquibancadas, a torcida passou a saborear a vitória certa a essa altura da partida. (Fonte: www.folhadelondrina.com.br)


.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.

02/02/2000 – Brasil 4 x 2 Argentina

Brasil goleia os hermanos argentinos na estréia do quadrangular final;
Crédito: www.gettyimages.com/Orlando-Kussner/AFP
Ficha Tecnica
Brasil 4 x 2 Argentina
2000 Summer Olympics – Men’s Qualification
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Torneio Pré-Olímpico – Quadrangular Final – 1ª Rodada
• Data (Date): Quarta-Feira, 2 de Fevereiro de 2000
• Estádio (Stadium): Londrina FC – Estádio do Café, em Londrina, Paraná
• Público (Attendance): 38.006 expectadores pagantes – Renda R$ 405.180,00
• Árbitro (Referee): Carlos Areco Amarilla (Paraguai / Paraguay)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Sem Registro (No Registry)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Sem Registro (No Registry)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Sem Registro (No Registry)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Álvaro Gabriel Milito
Lucas
Ronaldinho Gaúcho
Gols | Goals | Goles Gols | Goals | Goles
1-1 Alex, aos 18’/1º 1-0 Romeo, aos 5’/1º
2-1 Ronaldinho, aos 20’/1º (Cabeça) 2-2 Cambiasso, aos 21’/1º (Cabeça)
3-2 Ronaldinho, aos 35’/1º (Cabeça)
4-2 Ronaldinho, aos 32’/2º (Falta)
Brasil – Brazil u23 Argentina u23
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
12 Fábio Costa
05 Baiano
03 Fábio Bilica
04 Álvaro
16 Athirson
15 Marcos Paulo
19 Edu Schimidt (Mozart)
08 Fabiano
10 Alex Souza ©
07 Ronaldinho Gaúcho
20 Lucas Severino (Warley)
Go
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
Albano Bizzarri
Leonardo Cufre
Lucas Alesandria
Gabriel Milito
Aldo Pedro Duscher (Pereyra)
Esteban Cambiasso
Lionel Scaloni
Pablo Aimar (Messera)
Juan Roman Riquelme
Diego Quintana (Saviola)
Bernardo Romeo.
Coach: Vanderlei Luxemburgo Coach: José Nestor Pekerman
18
11
Warley, aos 14’/2º
Mozart, aos 32’/2º
#
#
#
Guillermo Pereyra, aos 24’/1º
Javier Saviola, aos 20’/2º
Mariano Messera, aos 29’/2º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
3 x 2 1 x 0 4 x 2
• Torneio Pré-Olímpico que indicará duas vagas para os Jogos Olímpicos de Sydney;
• Brasil: Camisa Amarela, Calção Azul e Meias Brancas (Nike);
• Argentina: Camisa listrada Azul-Branco, Calção Azul-Marinho e Meias Pretas;
• No Outro Jogo do Quadrangular: Chile 4 x 1 Uruguai, Estadio del Café, Londrina;
• Assisti esse jogo, ao vivo, pela TV Verdes Mares, canal 10, afiliada da Globo;
• Próximo Jogo: 04/02 – Brasil x Chile, Estádio do Café, Londrina, Paraná;
Tabela de Classificação do Grupo do Brasil
Times (Técnico) Pts Jgs Vit Emp Der GP GC S
. Chile (Nelson Acosta) 3 1 1 0 0 4 1 3
. Brasil (Vanderlei Luxemburgo) 3 1 1 0 0 4 2 2
. Argentina (José Pekerman) 0 1 0 0 1 2 4 -2
. Uruguai (Victor Pua) 0 1 0 0 1 1 4 -3
# Regulamento: Os dois melhores classificam-se para os Jogos Olímpicos de Sydney;

.:: Galeria de Imagens ::.
Confira as imagens da vitória brasileira sontra os hermanos argentinos;
Crédito: www.youtube.com/Globo/Galvão-Bueno
.:: Crônica da Partida ::.
Jogando com muita personalidade a seleção brasileira derrotou seu mais tradicional rival, a Argentina, por 4 a 2, hoje, em Londrina, e deu um passo muito importante para a classificação para o torneio de futebol da Olimpíada de Sydney. Mais uma vez, o atacante Ronaldinho Gaúcho foi o destaque do Brasil. Ele marcou três gols e é o artilheiro do Pré-Olímpico com oito gols. Na sexta-feira, o Brasil enfrenta o Chile, que bateu o Uruguai por 4 a 1. A seleção foi a principal responsável pela classificação dos chilenos para o quadrangular decisivo graças à goleda por 9a 0 sobre a Colômbia. Quem vencer do confronto Brasil x Chile estará praticamente classificado para os Jogos Olímpicos.
O encontro dos dois tradicionais rivais levou muita gente ao Estádio do Café, em Londrina. Houve superlotação do estádio e muita gente não pode entrar para acompanhar a partida – vários torcedores voltaram para casa com ingresso na mão. Tanto interesse não era por acaso: o jogo foi muito empolgante.
O Brasil tomou a iniciativa da partida, ficando a Argentina com a opção dos contra-ataques. Ronaldinho quase abre a contagem no primeiro minuto de jogo. Mas foi em um erro de marcação da defesa brasileira que os argentinos deram início à emocionante corrida pela vitória. Aos cinco minutos de jogo, Riquelme arriscou um chute a gol. A bola rebateu na zaga do Brasil e sobrou para Romeo, livre, fazer 1 a 0 para os adversários.
A seleção não perdeu a calma com o gol argentino. Graças ao talento do capitão Alex, o Brasil empatou o jogo aos 18 minutos. Alex recebeu a bola no meio, driblou o volante Cambiasso e, ao perceber que o goleiro Bizarri estava levemente adiantado, colocou a bola com precisão. Dois minutos depois, Alex serviu Edu na direita. O meia do São Paulo cruzou de primeira na cabeça de Ronaldinho Gaúcho: 2 a 1.
Nem deu tempo para comemorar. Aos 21 minutos, a Argentina empatou a partida com um gol de cabeça de Cambiasso. Enquanto o ataque brasileiro apresentava um aproveitamento impressionante, a defesa compensava negativamente descuidando da marcação dos argentinos.
Aos 35 minutos, o Brasil justificou a melhor atuação no primeiro tempo chegando ao terceiro gol. A jogada mais uma vez foi feita pela direita. Baiano cruzou na área, Fabiano desviou e Ronaldinho completou, de cabeça. A situação se inverteu no segundo tempo. Foi a vez da Argentina pressionar o Brasil e a seleção nacional ficar esperando e melhor hora de contra-atacar. Os jogadores passaram a sentir o desgaste e o ritmo da partida diminuiu. Sentindo o sufoco do adversário, o meia Fabiano passou a incitar a torcida a apoiar o Brasil. O alívio veio aos 32 minutos: Ronaldinho Gaúcho, cobrando falta com perfeição, confirmou a superioridade brasileira marcando 4 a 2. A Argentina chegou a assustar quando Saviola chutou uma bola na trave. (Fonte: www.folhadelondrina.com.br)

.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.

30/01/2000 – Brasil 9 x 0 Colômbia

Vanderlei Luxemburgo coloca CRis no jogo e os colombianos não acreditam no placar;
Crédito: www.youtube.com
Ficha Tecnica
Brasil 9 x 0 Colômbia
2000 Summer Olympics – Men’s Qualification
Ficha Técnica
• Competição (Tournament): Torneio Pré-Olímpico – Grupo A – 4ª Rodada
• Data (Date): Domingo, 30 de Janeiro de 2000
• Estádio (Stadium): Londrina FC – Estádio do Café, em Londrina, Paraná
• Público (Attendance): 25.000 expectadores
• Árbitro (Referee): Daniel Giménez (Argentina)
• Assistente 1 (Assistant Referee 1): Sem Registro (No Registry)
• Assistente 2 (Assistant Referee 2): Sem Registro (No Registry)
• Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Sem Registro (No Registry)
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Fábo Bilica Rubiel Quintana
Adriano Gabiru Alexander Posada
Fabián Vargas, no 2º tempo
Mayer Candelo, no 2º tempo
Gols | Goals | Goles Gols | Goals | Goles
1-0 Álvaro (cabeça), aos 8’/1º
2-0 Ronaldinho (cab), aos 16’/1º
3-0 Edu (cabeça), aos 22’/1º
4-0 Edu, aos 37’/1º
5-0 Athirson, aos 44’/1º
6-0 Adriano, aos 20’/2º
7-0 Lucas, aos 27’/2º
8-0 Warley (cabeça), aos 37’/2º
9-0 Ronaldinho (pen), aos 45’/2º
Brasil – Brazil u23 Colômbia – Colombia u23
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
Mc
At
At
12 Fábio Costa
02 Mancini
03 Fábio Bilica (Criz)
04 Álvaro ©
16 Athirson
15 Marcos Paulo
19 Edu Schimidt
08 Fabiano (Warley)
10 Alex Souza © (Adriano)
07 Ronaldinho Gaúcho
20 Lucas Severino
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
Mc
At
At
At
01 Robinson Zapata
Rubiel Quintana
Pedro Pontocarrero
Alexander Posada
Roberto Córtes
Victor Manuel Murillo (Arce)
Iván Leonardo López (Viveiros)
06 Fabián Vargas [Expulso]
17 Mayer Candelo [Expulso]
Jairo Castillo (Montoya)
Léon Dario Muñoz
Coach: Vanderlei Luxemburgo Coach: Javier Álvarez
17
13
18
Adriano Gabiru, aos 39’/1º
Cris, aos 14’/2º
Warley, aos 17’/2º
#
#
#
Luis Felipe Arce, aos 42’/1º
Alexander Viveros , aos 42’/1º
David Fernando Montoya , aos 12’/2º
Tempo Regulamentar Prorrogação Penalidades
1º T 2º T Final 1º T 2º T Final Normal Altern Final
5 x 0 4 x 0 9 x 0
• Torneio Pré-Olímpico que indicará duas vagas para os Jogos Olímpicos de Sydney;
• Com esse resultado o Brasil classificou-se para o Quadrangualar Final;
• Com essa derrota, por esse placar, a Colômbia perdeu a segunda vaga para o Chile;
• Brasil: Camisa Amarela, Calção Azul e Meias Brancas (Nike);
• Colombia: Camisa Azul, Calção Branco e Meias Brancas;
• Assisti esse jogo, ao vivo, pela TV Verdes Mares, canal 10, afiliada da Globo;
• Próximo Jogo: 02/02 – Brasil x Argentina, estádio do Café, Londrina, Paraná;
Tabela de Classificação do Grupo do Brasil
Times (Técnico) Pts Jgs Vit Emp Der GP GC S
. Brasil (Vanderlei Luxemburgo) 10 4 3 1 0 15 1 14
. Chile (Nelson Acosta) 7 4 2 1 1 7 7 0
. Colômbia (Javier Álvarez) 7 4 2 1 1 10 13 -3
. Venezuela (Alonso Lino) 4 4 1 1 2 5 9 -4
. Equador (Alfredo Encalada) 1 4 0 1 3 5 12 -7
. Os dois melhores colocados classificam-se para o Quadrangular Final;

.:: Galeria de Imagens ::.
Credito: youtube.com/Narração-Luciano-do-Valle

.:: Deixe um Comentário ::.
Se você gostou desse post ou do site indique para seus amigo.
Deixe uma crítica ou uma sugestão.